sábado, 11 de fevereiro de 2017

JOÃO 15 — SERMÃO 002 — O AGRICULTOR


Imagem relacionada
Videira começando a produzir frutos

Esse artigo é parte da série onde expomos o Salmo 86 e é muito recomendável que o leitor procure conhecer todos os aspectos das verdades contidas nesse Salmo, com aplicações para os nossos dias. No final do artigo você encontrará um link para os outros estudos.

PERMANECENDO EM CRISTO

Uma Exposição Bíblica e Teológica de João 15

João 15:1b

Introdução

A. Na mensagem anterior nós vimos como Jesus, em contraste com o povo Judeu, se apresenta como a videira verdadeira, i.e., a videira que produz os frutos que Deus espera, mas que nunca conseguiu do povo de Israel. Ver mensagem anterior por meio do link abaixo:



B. No Antigo Testamento, em Ezequiel 17 encontramos uma passagem que podemos considerar paralela a João 15. Na passagem de Ezequiel existe a descrição de uma videira que não serve para nada e de um cedro que se torna em abrigo para todos os habitantes da terra. É uma bela ilustração da obra redentora de Cristo.

C. Jesus como a videira verdadeira é o Messias, O Filho de Deus que cumpre o destino que Israel se recusou, terminantemente, cumprir. O Salmista faz um apelo para o Senhor nos seguintes termos:

Salmos 80:14—17

14 Ó Deus dos Exércitos, volta-te, nós te rogamos, olha do céu, e vê, e visita esta vinha;

15 protege o que a tua mão direita plantou, o sarmento que para ti fortaleceste.

16 Está queimada, está decepada. Pereçam os nossos inimigos pela repreensão do teu rosto.

17 Seja a tua mão sobre o povo da tua destra, sobre o filho do homem que fortaleceste para ti.

D. Falamos também da relação íntima que deve existir entre o Senhor — a videira verdadeira — os ramos — que somos nós — e como essa analogia se parece com a analogia da Igreja como Corpo de Cristo e Jesus com cabeça desse corpo.

E. Outra analogia que ainda podemos mencionar e que pode ser encontrada no próprio Evangelho de João é a do relacionamento de Jesus, o Bom Pastor com suas ovelhas. Mas as analogias da videira e do corpo são mais poderosas, porque nos falam de um relacionamento orgânico e vital de dependência que está ausente nas palavras de Jesus em João 10 acerca do Bom Pastor. Em João 10 temos um relacionamento, mas ele não é orgânico.

F. Hoje queremos focalizar nossa atenção na segunda parte de João 15:1, que fala de Deus como sendo o γεωργός georgós — agricultor. É dessa palavra em grego que derivamos o nome George.

G. Bem, vamos então falar desse poderoso agricultor que é o próprio Deus Todo Poderoso e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo.

A VIDEIRA VERDADEIRA E SEU AGRICULTOR — Parte 2

I. O Agricultor.

A. O agricultor, nesse caso específico, não apenas cuida do solo, onde a videira está plantada, mas, como iremos ver, cuida da videira em si, para garantir os melhores resultados possíveis.

B. O agricultor aqui mencionado por Jesus não é ninguém menos que o Deus Todo Poderoso e Seu Pai, o Deus Criador dos céus e da Terra.

C. Existe uma ação progressiva da parte de Deus, como agricultor, visando nos ajudar a produzir os devidos frutos. Note:

1. Ramo que não dá fruto — VERSO 2.

2. Ramo que dá fruto — VERSO 2. Pode produzir mais fruto ainda — VERSO 2.

3. Ramo que dá muito fruto — VERSOS 5 e 8.

II. Os Atos de Cuidado do Agricultor.

A. Para alcançar seu propósito, o agricultor poda os ramos de duas maneiras:

1. Primeiro ele “corta” fora os ramos que estão mortos. Esses ramos são usados por insetos e bactérias para instalar doenças na planta.

2. Depois ele limpa, i.e., ele corta ou poda partes viva da árvore que estão truncando o fluxo da seiva, de tal maneira, que a mesma possa fluir para alcançar, com plena força, todos os ramos.

3. O interesse do agricultor está tanto na qualidade quanto na quantidade da produção da videira.

B. Essas atitudes de Deus — de corta e podar — são na realidade, juízos de Deus sobre nossas vidas. O pior tipo de juízo que Deus pode trazer sobre nossas vidas é nos abandonar à nossa própria sorte, e deixar que sigamos o caminho que quisermos.

C. Mas, como Deus nos ama, ele se envolve conosco e nos “poda”, de tal maneira, que sejamos encorajados a produzir mais frutos para a glória do próprio Deus.

D. O momento em que Deus está mais próximo de nós é quando ele nos observa de modo que pode “podar” nossas vidas, para que possamos ser mais produtivos. Algumas vezes ele corta pedaços de madeira que estão mortos, mas outras vezes ele corta tecido vivo que está sugando nossas forças e energias vitais. Nós podemos não gostar nada disso, mas é importante que aconteça.   

Conclusão

A. Você, como crente, já se deu conta que é objeto do intenso amor e cuidado de Deus, da mesma maneira com que um agricultor se empenha por ajudar sua vinha a produzir frutos cada vez mais abundantes e deliciosos?

B. Já entendeu que para produzir os frutos esperados é necessário, muitas vezes, passar pelo não tão agradável processo de “limpeza – João 15:2”? Sim porque é isso que vai acontecer se você quiser se tornar em alguém, realmente produtivo para Deus.

C. De que formas Deus poda nossas vidas?

1. Algumas vezes ele usa Sua Palavra através da qual Se comunica diretamente conosco. Jesus orou ao pai pedindo o seguinte:

João 17:17

Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.

Paulo fala dessa limpeza via Palavra de Deus em

Efésios 5:25—27

25 Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,

26 para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra,

27 para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.

Outras vezes Deus tem que nos afligir fisicamente conforme lemos em —

Hebreus 12:1—13

1 Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta,

2 olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus.

3 Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma.

4 Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue

5 e estais esquecidos da exortação que, como a filhos, discorre convosco: Filho meu, não menosprezes a correção que vem do Senhor, nem desmaies quando por ele és reprovado;

6 porque o Senhor corrige a quem ama e açoita a todo filho a quem recebe.

7 É para disciplina que perseverais (Deus vos trata como filhos); pois que filho há que o pai não corrige?

8 Mas, se estais sem correção, de que todos se têm tornado participantes, logo, sois bastardos e não filhos.

9 Além disso, tínhamos os nossos pais segundo a carne, que nos corrigiam, e os respeitávamos; não havemos de estar em muito maior submissão ao Pai espiritual e, então, viveremos?

10 Pois eles nos corrigiam por pouco tempo, segundo melhor lhes parecia; Deus, porém, nos disciplina para aproveitamento, a fim de sermos participantes da sua santidade.

11 Toda disciplina, com efeito, no momento não parece ser motivo de alegria, mas de tristeza; ao depois, entretanto, produz fruto pacífico aos que têm sido por ela exercitados, fruto de justiça.

12 Por isso, restabelecei as mãos descaídas e os joelhos trôpegos;

13 e fazei caminhos retos para os pés, para que não se extravie o que é manco; antes, seja curado.

D. Muitas vezes nos ressentimos quando Deus corta algo que considerávamos importante. Mas se aprendemos a enxergar os frutos espirituais que brotam a partir daquela “poda”, então, no final, iremos nos alegrar com os resultados.

E. Quanto mais permanecemos em Cristo, mais frutos produzimos e maior é o interesse de Deus em nos podar para produzirmos cada vez mais frutos em quantidade, mas com qualidade.

F. Deus é Glorificado por grandes colheitas, mas Ele é também glorificado por colheitas, mesmo pequenas, mas com grande qualidade. 

OUTRAS MENSAGENS DA SÉRIE PERMANECENDO EM CRISTO

SERMÃO 001 – A VIDEIRA VERDADEIRA

SERMÃO 002 – O AGRICULTOR



SERMÃO 002 – O AGRICULTOR


Que Deus abençoe a todos 

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.


Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário