sexta-feira, 24 de março de 2017

A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus – ESTUDO 022 — PARA O QUÊ DEUS NOS ESCOLHEU?


Resultado de imagem para imagens santos e irrepreensíveis


NESSA SÉRIE NÓS ESTAMOS TRATANDO DE DOIS ASPECTOS IMPORTANTES ACERCA DA VERDADEIRA IGREJA: 1) A IGREJA COMO CORPO DE CRISTO; E 2) A IGREJA NO PLANO ETERNO DE DEUS. CONVIDAMOS TODOS OS NOSSOS LEITORES A ACOMPANHAREM ESSA SÉRIE E COMPARTILHAREM A MESMA COM TODOS OS SEUS CONHECIDOS, AMIGOS E IRMÃOS. OUTROS ESTUDOS DESSA SÉRIE PODERÃO SER ENCONTRADOS POR MEIO DE LINKS NO FIM DE CADA ESTUDO.
Efésios 1:4 - Assim como nos escolheu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis perante ele; e em amor.

Conforme falamos anteriormente, os versículos 3 a 14 de Efésios 1 são realmente uma explosão de louvor. Louvor a Deus que nos escolhe exclusivamente pela Sua graça — ver Efésios 1:4—5 e comparar com Romanos 11:5.

Na longa exposição — ver estudos desta série abaixo — feita no evangelho de João, acerca da doutrina da eleição, nós vimos que:

1. Não existe salvação fora da fé exclusivamente em Jesus Cristo por causa de Quem Ele era, i.e., Deus mesmo e por causa das obras que Ele fez “como nenhum outro fez”.

2. Somente aqueles que o Pai dá ao Senhor Jesus é que virão ao Senhor Jesus e serão salvos.

3. Os que rejeitam a graça salvadora de Deus são considerados por Deus mesmo como “indesculpáveis”.

A segunda parte de Efésios 1:4 deixa bem claro o propósito de Deus para nós ao nos salvar em Cristo. Muitos crentes e muitas igrejas têm reduzido o propósito de Deus para nossa salvação à uma apólice de seguro “contra incêndio”, como uma garantia de que iremos para o céu e não para o inferno. Mas o propósito de Deus na nossa salvação vai muito, além disso. Muitos crentes pensam que uma vez que estão de posse da “apólice de seguro” podem então viver como bem quiserem. Podem, inclusive, desfrutar do pecado. Entre esses encontramos alguns que chegam ao cúmulo de fazer apologia aberta a uma vida pecaminosa. Outros há, que se orgulham de terem sido eleitos por Deus, como se tivessem algum mérito neste processo. O fato é que essa doutrina de eleição é tão complexa e delicada que, quase sempre, vamos encontrar pessoas que abusam da mesma de uma maneira ou de outra. Antes de tudo temos que notar que não fomos escolhidos porque éramos santos ou melhores que outras pessoas. Portanto não existia nenhum mérito em nós que obrigasse Deus a nos escolher. Por outro lado temos que entender que usar a doutrina da eleição como desculpa ou permissão para viver no pecado demonstra, na realidade, um coração ainda irregenerado. Fomos eleitos pela graça de Deus e fomos escolhidos por Deus para sermos santos e irrepreensíveis diante de Deus.

Paulo usa dois termos para descrever o propósito de Deus para nós. Ele diz que Deus nos escolheu para sermos santos e irrepreensíveis. As duas palavras significam, basicamente, a mesma coisa. A ênfase ou o aspecto focalizado é que é diferente. A palavra grega ἁγίους agíous  — santos, quer dizer algo muito santo ou um santo e se refere à condição interna da pessoa descrita, Isto é, descreve aquilo que a pessoas é no íntimo, lá dentro. Por sua vez a palavra grega ἀμώμους amómous — irrepreensíveis é usada para descrever algo sem defeito, como um animal sem mancha ou defeito; serve também, desse modo, para descrever alguém que é moralmente sem defeito, perfeito ou irrepreensível. O termo santidade descreve nossa condição de pureza interna ao passo que irrepreensível descreve nossa condição externa de pureza. Esses dois aspectos não podem ser nem ignorados nem desprezados, pois foi exatamente para alcançá-los na vida da Igreja que o Senhor Jesus entregou sua vida como um sacrifício na cruz do Calvário —

Efésios 5:25—27

25 Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela,

26 para que a santificasse, tendo-a purificado por meio da lavagem de água pela palavra,

27 para a apresentar a si mesmo igreja gloriosa, sem mácula, nem ruga, nem coisa semelhante, porém santa e sem defeito.

A verdadeira igreja do Senhor Jesus precisa ser irrepreensível, ou seja, sem culpa externamente e completamente santa ou pura, internamente. Quando olhamos para as igrejas nos dias de hoje vemos como é lamentável o quadro que se apresenta diante de nós. As denominações que pretendem representar a verdadeira igreja cristã estão longe de serem puras porque são completamente repreensíveis! O apóstolo Paulo entendia perfeitamente bem essa necessidade que a Igreja possui ao dizer as palavras que estão registradas em 2 Coríntios 11:23—28, com especial ênfase no verso 28!

23 São ministros de Cristo? (Falo como fora de mim.) Eu ainda mais: em trabalhos, muito mais; muito mais em prisões; em açoites, sem medida; em perigos de morte, muitas vezes.

24 Cinco vezes recebi dos judeus uma quarentena de açoites menos um;

25 fui três vezes fustigado com varas; uma vez, apedrejado; em naufrágio, três vezes; uma noite e um dia passei na voragem do mar;

26 em jornadas, muitas vezes; em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos entre patrícios, em perigos entre gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre falsos irmãos;

27 em trabalhos e fadigas, em vigílias, muitas vezes; em fome e sede, em jejuns, muitas vezes; em frio e nudez.

28 Além das coisas exteriores, há o que pesa sobre mim diariamente, a preocupação com todas as igrejas.

Sermos santos e irrepreensíveis quer dizer que temos que experimentar, de modo prático, a reversão daquilo que experimentamos como resultado da queda de nossos primeiros pais. Por causa da desobediência de Adão no jardim do Éden todos nós, porque estávamos em Adão, i.e., porque descendemos de Adão, estamos sujeitos às consequências da queda —

Romanos 5:12

Portanto, assim como por um só homem entrou o pecado no mundo, e pelo pecado, a morte, assim também a morte passou a todos os homens, porque todos pecaram.

Somos todos pecadores na prática. A queda foi obra do diabo. Mas Jesus veio para desfazer as obras do diabo que incluem a prática do pecado por parte dos seres humanos —

1 João 3:8

Aquele que pratica o pecado procede do diabo, porque o diabo vive pecando desde o princípio. Para isto se manifestou o Filho de Deus: para destruir as obras do diabo.

Jesus veio trazer nova vida. Uma vida caracterizada por uma pureza essencial que é representada por um estado saudável ou cheio de plenitude. Assim a Igreja precisa manifestar uma harmonia perfeita onde o exterior, que é visível, é o perfeito reflexo do interior invisível.

OUTROS ESTUDOS ACERCA DA IGREJA COMO CORPO DE CRISTO E NO PLANO ETERNO DE DEUS
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 001 — A Igreja
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/09/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 002 — A Unidade de Igreja
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/10/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 003 — Como a Unidade Funciona na Prática
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/11/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 004 — Como o Amor Funciona na Prática
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/12/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 005 — Unidade em Meio à Diversidade
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/01/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 006 — Unidade Com Variedade Mas com Harmonia
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/02/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 007 — A Igreja Como o “Mistério” de Deus e Uma Introdução a Efésios 1:3—14
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/03/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 008 — Uma Introdução a Efésios 1:3—14
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/06/efesios-13-igreja-como-corpo-de-cristo.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 009 — A Bênção Espiritual — Efésios 1:3
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/07/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no_5.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 010 — As Regiões Celestiais — Efésios 1:3
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/08/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 011 — Nossa Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — Parte 001
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/09/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 012  A —Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 002
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/11/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 013 — A Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 003
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/12/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no_98.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 014 — A Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 004
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/02/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 015 — A Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 005
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/04/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 016 — A Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 006
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/06/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 017 — A Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 007 — O Mundo Nos Odeia
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 018 — A Escolha ou Eleição Divina — Efésios 1:4 — PARTE 008 — Por que O Mundo Nos Odeia
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/09/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no_29.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 019 — As Desculpas para Rejeitar a Jesus e o Evangelho da Graça — PARTE 001
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no_4.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 020 — As Desculpas para Rejeitar a Jesus e o Evangelho da Graça — PARTE 002
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no_5.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 021 — As Desculpas para Rejeitar a Jesus e o Evangelho da Graça — PARTE 003
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no_6.html
A Igreja Como Corpo de Cristo e No Plano Eterno de Deus — ESTUDO 022 — O Propósito de Deus em Nossa Eleição: Nos Fazer Santos e Irrepreensíveis
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/03/a-igreja-como-corpo-de-cristo-e-no.html

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis


PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:
http://www.facebook.com/pages/O-Grande-Diálogo/193483684110775
Desde já agradecemos a todos. 
Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

quinta-feira, 23 de março de 2017

CONFORTO PARA CORAÇÕES AFLITOS - SERMÃO 003 — CONFIANDO NA PESSOA DE JESUS


Resultado de imagem para jesus é o caminho

Esta é uma série que trata do maravilhoso tema de como Jesus conforta seus discípulos em meio às tribulações dessa vida. Ao compartilhar esses estudos nossa intenção é que todos possam encontrar em Jesus, o conforto necessário para todas suas tribulações.

Texto: João 14:4—6
Introdução.

A. Nessa série estamos tratando do Conforto Para Corações Aflitos. Conforto esse que nos é oferecido pelo Senhor Jesus. 
B. Todas as mensagens dessa série estão baseadas nos capítulos 14 e 16 do Evangelho de João. 
C. Já falamos que, para que possamos desfrutar do conforto oferecido por Jesus é necessário fazermos o seguinte: 
1. Confiar na Presença de Jesus em nosso meio e, especialmente, em nossas vidas. 
2. Confiar nas Promessas que Jesus fez acerca da nossa vida na eternidade. 
D. Hoje queremos acrescentar um terceiro item que, juntamente com os dois anteriores, é da maior importância se queremos, de fato, desfrutar do conforto que Jesus nos oferece. 
E. Estamos falando da necessidade que temos de confiar também na própria Pessoa do Senhor Jesus. 
F. Esse é o tema de nossa mensagem hoje — 
CONFIANDO NA PESSOA DE JESUS
Introdução

A. Em João 14:4 Jesus disse o seguinte: E vós sabeis o caminho para onde eu vou. Essa frase de Jesus aborda dois aspectos: 1) O lugar para onde Jesus estava indo; e 2) O caminho para chegar naquele mesmo lugar.

B. Quanto ao lugar para onde Jesus estava indo, o que é que Ele mesmo nos diz? No contexto imediato Jesus disse aos discípulos que Ele estava indo pra a casa do Pai — para aquele lugar que nós mesmos poderemos chamar de lar doce lar. Jesus também nos diz que deseja que nós pudéssemos estar com ele onde Ele estivesse — João 14:2—3.

C. Em outra passagem, Jesus já tinha informado tanto aos judeus, como aos seus discípulos, que ficaria pouco tempo com eles, porque iria voltar para estar junto daquele que o tinha enviado —

João 7:33

Disse-lhes Jesus: Ainda por um pouco de tempo estou convosco e depois irei para junto daquele que me enviou.

D. A afirmação de Jesus acerca do lugar para onde ia e do caminho para chegar até lá, criou a condição perfeita para que uma pergunta fosse levantada e também para que uma resposta fosse oferecida. A resposta de Jesus, acerca da qual falaremos em seguida, é uma dessas palavras maravilhosas que encontramos apenas nas páginas das Escrituras Sagradas. Vejamos —

I. A Pergunta de Tomé — João 14:5

A. Tomé levanta uma importante questão: ele alega que os discípulos não sabiam nem para onde Jesus estava indo e nem como eles deveriam fazer para chegar naquele lugar, ou seja, eles não conheciam o caminho.

B. Tomé ao fazer sua pergunta reflete a confusão mental em que, não apenas ele, mas todos os discípulos se encontravam depois de Jesus ter anunciado que iria partir.

C. Todavia, Jesus já tinha lhes falado dizendo que eles não deveriam se deixar perturbar com aquela notícia, porque Sua ausência seria temporária e eles deviam confiar na presença de Jesus com eles, da mesma maneira que estavam acostumados confiarem na presença de Deus com eles — João 14:1.

D. Mas independentemente disso, Jesus vai continuar confortando os corações dos discípulos.

II. A Resposta de Jesus à Pergunta Feita por Tomé — João 14:6

A. A resposta de Jesus à pergunta feita por Tomé em João 14:5 está em João 14:6. Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.

B. Na resposta de Jesus devemos notar o seguinte:

1. Jesus afirma de forma categórica que Ele mesmo era o caminho para a casa do Pai. Quem conhece a Jesus, conhece o caminho.

2. Além do mais, os discípulos não precisavam se preocupar em saber como poderiam chegar à casa do Pai. Jesus prometeu que viria buscá-los pessoalmente — João 14:3 — para levá-los para o mesmo lugar onde ele estava.

3. O que os discípulos precisavam fazer era confiar na Pessoa de Jesus, da mesma forma que eles precisavam confiar na presença e nas promessas de Jesus. Note com a fé cristã gira ao redor de Jesus.

C. Os discípulos precisavam confiar em Jesus. Quando o tempo apropriado chegar, Jesus virá conduzi-los para a casa do Pai.

D. Quando não conhecemos a maneira certa de chegar num determinado lugar, é bom receber orientações de alguém que sabe. Mas melhor do que isso é ter alguém que nos dirija até lá! E é exatamente isso que Jesus promete fazer com os discípulos.

E. Em vez de dizer como chegar lá, Jesus diz: Eu voltarei. Eu pessoalmente vou conduzi-los para casa de meu Pai.

F. Todas essas palavras de Jesus dever servir como um grande consolo para nossos corações atribulados. As circunstâncias da vida podem variar, mas existem coisas que nunca variam: a Presença, as Promessas e a Pessoa de Jesus. Nosso destino eterno está garantido pelo próprio Jesus.

III. Confiando na Pessoa do Senhor Jesus Por Aquilo que Ele É

A. Jesus disse: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim — João 14:6.

B. Jesus é o próprio caminho que nos conduz ao lar celestial.

C. Jesus em sua Pessoa é a própria personificação da verdade.

D. A vida para a qual Jesus nos conduz é uma vida eterna.

Conclusão:

A. Já falamos acerca do conforto que encontramos na Presença e nas Promessas do Senhor Jesus. Hoje a trilogia se completou com essa mensagem que tratou da Pessoa do Senhor Jesus.

B. Uma das maiores preocupações que todos os seres humanos têm é com o que nos acontece depois da morte. Sempre que essa preocupação te assaltar lembre-se da promessa de Jesus de nos conduzir, pessoalmente, até a casa do Seu Pai.

C. Ter alguém para te conduzir é melhor que seguir as orientações do Google maps!

D. Jesus é Aquele que representa tudo que alguém pode desejar:

1. Ele mesmo é o caminho que nos leva até ao Pai.

2. Ele é verdade que deve sossegar nossos corações atribulados.

3. Ele é a vida e vida eterna.

D. Portanto, minhas irmãs e irmãos, vamos:

1. Confiar na presença de Jesus entre nós.

2. Confiar nas promessas que Jesus nos fez segurando-as com todas as nossas forças.

3. Confiar na Pessoa majestosa de Jesus, pois apenas Ele é o Caminho, a Verdade e a Vida.

Que Deus abençoe e fortaleça a todos com essas palavras de verdadeira consolação.

OUTRAS MENSAGENS DA SÉRIE CONFORTO PARA CORAÇÕES AFLITOS

SERMÃO 001 — CONFIANDO NA PRESENÇA DE JESUS

SERMÃO 002 — CONFIANDO NAS PROMESSAS DE JESUS


Que Deus abençoe e fortaleça a todos com essas palavras.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.


Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

terça-feira, 21 de março de 2017

NOSSA RIQUEZA EM CRISTO — 042/043 — GLORIARDES OU ALEGRADES EM CRISTO


Resultado de imagem para ALEGRAI-VOS NO SENHOR
Esse artigo é parte da série "Em Cristo" e é muito recomendável que o leitor procure conhecer todos os aspectos das verdades contidas nessa série, com aplicações para os nossos dias. No final do artigo você encontrará um link para o estudo posterior
42. Filipenses 1:1 — Paulo e Timóteo, servos de Cristo Jesus, a todos os santos em Cristo Jesus, inclusive bispos e diáconos que vivem em Filipos

Para uma análise acerca de sermos “santos em Cristo” ver o item número 8 onde tratamos de 1 Coríntios 1:2 que diz: À igreja de Deus que está em Corinto, aos santificados em Cristo Jesus, chamados para ser santos, com todos os que em todo lugar invocam o nome de nosso Senhor Jesus Cristo, Senhor deles e nosso”. Esse artigo poderá ser acessado por meio do link abaixo:



43. Filipenses 1:26 — A fim de que aumente, quanto a mim, o motivo de vos gloriardes em Cristo Jesus, pela minha presença, de novo, convosco.

Pelos registros de Atos e de 2 Coríntios, nós ficamos sabendo que Paulo esteve, pelo menos três vezes, na cidade de Filipos. A primeira vez foi durante a segunda viagem missionária — ver Atos 16:11—40. A segunda vez foi durante a terceira viagem missionária quando os irmãos de Filipos o ajudaram a pregar o evangelho na Grécia — ver 2 Coríntios 8:1—5. A terceira vez foi quando ele retornou de Corinto e passou novamente por Filipos — ver Atos 20:6.

A carta de Paulo aos Filipenses, da mesma maneira que a carta aos Efésios, foi escrita por Paulo enquanto ele era prisioneiro sob a guarda pretoriana em Roma. No entanto, como já vimos, em vez de deixar abater pelas limitações forçadas causadas pelas cadeias, Paulo aproveitava aquela circunstâncias para anunciar o evangelho a todos os membros da guarda pretoriana, que era a guarda pessoal do imperador romano —

Filipenses 1:13

De maneira que as minhas cadeias, em Cristo, se tornaram conhecidas de toda a guarda pretoriana e de todos os demais.

E ao escrever aos Filipenses, Paulo não deseja que os mesmos se sintam abatidos pelas circunstâncias em que ele se encontrava — preso em Roma — e sim que eles se alegrassem pela possibilidade de vê-lo ainda outra vez. A palavra καύχημα kaúchema — gloriardes, indica, literalmente, aquilo do que alguém se gloria ou pode gloriar-se, motivo ou base para gloriar-se. Em outras palavras podemos dizer que gloriar-se é o mesmo que alegrar-se. E esta era a intenção ou vontade de Paulo para com os filipenses. Ele desejava que aqueles irmãos se alegrassem pelo fato de que todos — Paulo e os filipenses — estavam “em Cristo”.

A fim de que aumente, quanto a mim, o motivo de vos gloriardes em Cristo Jesus, pela minha presença, de novo, convosco — Podemos imaginar que aqueles irmãos em Filipos — a primeira cidade da Europa onde o Evangelho foi pregado — já haviam se alegrado muito com a presença do apóstolo Paulo no meio deles. Eles tiveram a chance de ver sua face, de ouvir sua voz e de terem podido conhecer o Evangelho de Jesus Cristo por meio da instrumentalidade daquele que, outrora, era blasfemo e perseguidor da igreja —

1 Timóteo 1:13

A mim, que, noutro tempo, era blasfemo, e perseguidor, e insolente. Mas obtive misericórdia, pois o fiz na ignorância, na incredulidade.

E no verso que estamos analisando, nós temos Paulo falando acerca de sua esperança de se ver livre das cadeias e de poder vê-los novamente. E ele diz que deseja que essas coisas se realizem plenamente, de tal maneira que, por causa de Paulo, eles possam se gloriar ou se alegrar em Cristo. Note que, para Paulo, a raiz da alegria dos filipenses não é carnal, como se dependesse da afeição natural que nutriam por Paulo e sim derivada do fato deles estarem “em Cristo Jesus”. A alegria daquelas pessoas não estava centrada na pessoa do apóstolo e sim na pessoa de Cristo. Paulo havia sido apenas o instrumento mediante o qual a pessoa e a obra do Senhor Jesus Cristo haviam se tornado conhecidas de todos eles e era, por esse motivo, que eles podiam se alegrar, em Cristo, com a esperança de poder vê-lo novamente.

A possibilidade da presença de Paulo novamente entre os Filipenses deveria enchê-los de expectativas acerca de tudo que poderia ser alcançado do ponto de vista do crescimento espiritual deles. Certamente, Paulo poderia conduzi-los a novos e mais profundos conhecimentos acerca do Salvador Jesus. Mas Paulo era apenas o instrumento. Jesus precisa ser tanto a origem como o destino final de toda a nossa alegria. Nossa alegria por aqueles que o Senhor, em sua bondade, permite que ministrem em nosso meio, deve estar centrada na pessoa de Jesus. Devemos ficar felizes “em Cristo” por aqueles que ministram entre nós e nos ajudam no nosso caminhar diário. Estes são como que os “amigos do noivo”. Eles não são realmente importantes. O noivo sim, ele é importante. E Jesus é o noivo! Essa foi exatamente a compreensão que João Batista tinha do relacionamento daqueles que anunciam as Boas Novas com o Senhor —

João 3:29

O que tem a noiva é o noivo; o amigo do noivo que está presente e o ouve muito se regozija por causa da voz do noivo. Pois esta alegria já se cumpriu em mim.                

OUTROS ESTUDOS DA SÉRIE “EM CRISTO”:
O estudo introdutório dessa série, número 000, pode ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/06/nossa-riqueza-em-cristo-introducao.html
O estudo número 001 dessa série — Justificação Gratuita — pode ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/07/romanos-324-nossa-riqueza-em-cristo-001.html
O estudo 002 dessa série — Nossa Identidade com Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/08/romanos-63-nossa-riqueza-em-cristo-002.html
O estudo 003 dessa séria — Mortos para o Pecado, Mas Vivos para Deus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/09/romanos-611-nossa-riqueza-em-cristo-004.html
O estudo 004 dessa série — O Salário do Pecado X o Dom Gratuito de Deus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/10/romanos-623-nossa-riqueza-em-cristo-005.html
O estudo 005 dessa série — Nenhuma Condenação em Cristo Jesus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/11/romanos-812-nossa-riqueza-em-cristo-005.html
O estudo 006 dessa série — Nada Pode nos Separar do Amor de Deus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2012/12/romanos-83839-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 007 — Somos Membros uns dos Outros em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/01/romanos-125-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 008 — Santificados em Cristo Jesus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/02/1-corintios-12-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 009 — A Graça de Deus em Cristo Jesus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/03/1-corintios-14-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 010 — Somos de Deus em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/04/1-corintios-130-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 011 — Somos Espirituais em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/05/1-corintios-31-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 012 — Somos Loucos, Fracos e Desprezíveis Porque Estamos em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/06/1-corintios-410-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 013 — Somos Gerados em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/07/1-corintios-415-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 014 — Nossa Esperança em Cristo Não se Limita a Essa Vida Apenas — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/08/1-corintios-1519-nossa-riqueza-em.html
O estudo 015 — Todos Serão Vivificados em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/09/1-corintios-1522-nossa-riqueza-em.html
O estudo 016 — Todos São Amados em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/10/1-corintios-1624-nossa-riqueza-em.html
O estudo 17 — Somos Todos Ungidos em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/11/2-corintios-12122-nossa-riqueza-em.html
O estudo 18 — Não Mercadejamos a Palavra de Deus — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/12/2-corintios-217-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 19 — O Véu é Removido em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/01/2-corintios-214-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 20 — Somos Novas Criaturas em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/02/2-corintios-517-nossa-riqueza-em-cristo_9.html
O estudo 21 — Deus Estava em Cristo Reconciliando Consigo o Mundo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/03/2-corintios-519-nossa-riqueza-em-cristo_7.html
Os estudos 22 e 23 — Sendo Conhecido em Cristo — poderão ser encontrados aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/04/galatas-122-nossa-riqueza-em-cristo-023.html
O estudo 24 — Nossa Liberdade em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/05/galatas-24-nossa-riqueza-em-cristo-024.html
O estudo 25 — Justificação Pela fé em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/06/galatas-216-nossa-riqueza-em-cristo-025.html
O estudo 26 — Filhos de Deus em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/07/galatas-326-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 27 — Revestidos em Cristo — poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/08/galatas-327-nossa-riqueza-em-cristo-027.html
O estudo 28A — Nossa Unidade em Cristo — PARTE 001 poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/09/galatas-328-nossa-riqueza-em-cristo-028.html
O estudo 28B — Nossa Unidade em Cristo — PARTE 002 poderá ser encontrado aqui:
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/09/galatas-328-nossa-riqueza-em-cristo.html
O estudo 029 — Somente a Fé Que Atua Pelo Amor Tem Valor em Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/10/galatas-56-nossa-riqueza-em-cristo-029.html
O estudo 030A — A Bênção com Que Somos Abençoados em Cristo – Parte 001
 http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/11/efesios-13-nossa-riqueza-em-cristo-030.html
O estudo 030B — A Bênção com Que Somos Abençoados em Cristo – Parte 002
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2014/12/efesios-13-nossa-riqueza-em-cristo-031.html
O estudo 030C — A Bênção com Que Somos Abençoados em Cristo – Parte 003 — E a Chamada Visão de Hermes
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/01/efesios-13-nossa-riqueza-em-cristo-032.html
O estudo 030D — A Bênção com Que Somos Abençoados em Cristo – Parte 004 — O Ensinamento Bíblico Acerca do Céu
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/02/efesios-13-nossa-riqueza-em-cristo-030d.html
O estudo 031 — Desvendando-nos o Mistério da Sua Vontade Em Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/03/efesios-13-nossa-riqueza-em-cristo-031.html
O estudo 032 — Para o Louvor da Glória de Deus em Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/05/efesios-112-nossa-riqueza-em-cristo-032.html
O estudo 033 — Ressuscitados em Cristo e Assentados nos Lugares Celestiais
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/11/efesios-26-nossa-riqueza-em-cristo-033.html
O estudo 034 — Mostra a Suprema Riqueza da Sua Graça em Bondade para conosco em Cristo.
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/12/nossa-riqueza-em-cristo-034-para.html
O estudo 035 — Mostra como somos salvos em Cristo para a prática de boas obras manifestadas por meio de uma vida de santidade.
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/02/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-035.html
O Estudo 036 — Nos Fala de Como Somos Aproximados de Deus Porque Estamos em Cristo.
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/04/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-036.html
O Estudo 037 — Nos Fala de Como Somos Co-herdeiros, Co-participantes e Membros dum mesmo Corpo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/06/em-cristo-efesios-36-nossa-riqueza-em.html
O Estudo 038A — Nos Fala das Insondáveis Riquezas de Cristo — Parte 001 — Cristo o Mistério Revelado de Deus
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/em-cristo-efesios-3812-estudo-038a-as.html
O Estudo 038B — Nos Fala das Insondáveis Riquezas de Cristo — Parte 002 — A Igreja Edificada Sobre Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-038b.html
O Estudo 038C — Nos Fala das Insondáveis Riquezas de Cristo — Parte 003 — O Que é a Verdadeira Igreja de Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-038c.html
O Estudo 038D — Nos Fala das Insondáveis Riquezas de Cristo — Parte 004 — O Que é a Verdadeira Igreja de Cristo — O Corpo de Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-038d.html
O Estudo 038E — Nos Fala das Insondáveis Riquezas de Cristo — Parte 005 — O Que é a Verdadeira Igreja de Cristo — A Plenitude de Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-038e.html
O Estudo 038F — Nos Fala das Insondáveis Riquezas de Cristo — Parte 006 — O Que é a Verdadeira Igreja de Cristo — Os Eleitos Por Deus em Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/08/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-038f.html
O Estudo 039 — Nos Fala De Como Devemos Glorificar a Deus Porque Estamos em Cristo — Jesus e a Glória de Deus
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/10/nossa-riqueza-em-cristo-estudo-039.html
O Estudo 040 — Nos Fala De Como Deus Nos Perdoou em Cristo
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/nossa-riqueza-em-cristo-040-deus-nos.html

O Estudo 041 — Nos Fala de Sermos Ousados em Cristo Para Falar

O Estudo 042/043 — Nos fala de nos gloriarmos ou alegrarmos em Cristo

Que Deus abençoe a todos com ousadia no falar EM CRISTO.

Alexandros Meimaridis 

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link: 
Desde já agradecemos a todos. 

Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.