sábado, 17 de dezembro de 2011

1 Coríntios 13 - Parte 3 Uma Exposição Bíblica do Amor

Resultado de imagem para o verdadeiro amor

Atenção: esse estudo é parte de uma série e é da maior importância que o leitor prossiga para as outras partes seguindo os links que se encontram no final desse estudo.

2. 1 Coríntios 13:4 – Continuação.

Introdução

• Já vimos que o amor não pode ser definido ideologicamente ou filosoficamente. Pode apenas ser descrito como funciona. A bíblia não define amor, apenas descreve o amor em ação.

• O que já vimos: O amor é paciente, mas nós somos impacientes. O amor é benigno, mas nós somos maldosos. O amor não arde em ciúmes, mas nós, normalmente, invejamos e temos ciúmes uns dos outros.

• Precisamos continuar trabalhando nesta ‘ações’ de amor que já estudamos. Mas vamos ver algumas novas agora.

1 – O amor não se ufana περπερεύεται – perpereútai – ufanar é sinônimo de jactar-se ou gabar-se e ostentar.

a. A definição de ufanar-se – ufanar-se significa VERBALIZAR o orgulho que alguém sente.

• A raiz da palavra ufanar, no grego, vem de “saco de vento” ou pastel de vento para nos ajudar a entender melhor. Descreve o fanfarrão ou bufão.

• Esta é a única vez que esta palavra ocorre no Novo Testamento grego.

• O amor não é um pastel de vento – não se ufana. Não abre sua boca para anunciar que grandes feitos têm conseguido. Um excelente exemplo que podemos oferecer de ufanismo tem a ver com as qualidades alardeadas de certos pregadores, quando são apresentados. O verdadeiro amor não faz propaganda objetivando mostrar que eu sou melhor que você.

• Ufanar descreve aquela pessoa que é capaz de dizer: “Eu estou cansada de falar de mim mesmo. Agora. você fala a meu respeito!”

• Ufanar é uma tentativa nossa de fazer as pessoas ao nosso redor sentirem-se inferiores por causa das coisas que possuímos ou somos como pessoas.

• Ufanar-se anda na contramão da inveja. Na inveja nós queremos algo que outra pessoa possui. No ufanismo nós fazemos os outros quererem o que nós temos.

b. O objetivo maior do ufanismo é: fazer uma outra pessoa sentir quão superior você é em relação a ela.

c. O resultado do ufanismo é: ferir outras pessoas que certamente verão você se destacar enquanto elas parecem tão pequenas. Ufanismo é propaganda. Muitas vezes, a maioria das vezes, composta de mentiras. Nós somos muitas vezes “levados no bico”, enganados, até mesmo por pessoas que se dizem irmãos ou que se chamam pastores.

O Senhor Jesus deve ser nosso exemplo também neste quesito. Note Suas palavras em João 12:49:

“Porque eu não tenho falado por mim mesmo, mas o Pai, que me enviou, esse me tem prescrito o que dizer e o que anunciar.” Pense um pouco nas palavras deste verso, que na maioria das vezes, em nossas leituras, nos passa completamente despercebido.

d. Um Teste Prático.

• Teste sua dedicação a esta ação do amor - Não se ufanar: Procure, com a ajuda de Deus, passar um dia inteiro sem falar de você. Peça a ajuda de Deus. Diga a Ele: “Pai me ajude a não falar de mim mesmo neste dia. Em nome de Jesus amém.”

2. O amor não φυσιοῦται - fusioûtai - ensoberbecer, inchar-se, ser arrogante.

a. O fato de estarem em uma seqüência “o amor não se ufana, não se ensoberbece”, tem levado muitas pessoas a acharem que estas palavras são sinônimas. Mas de fato elas não são sinônimas. A primeira – ufanar - tem a ver com a verbalização do orgulho enquanto que a segunda – ensoberbecer - tem a ver com o sentimento de orgulho.

Vocês se lembram do maestro compositor Mascagni? Pois é, ele compôs uma Ópera chamada “As Máscaras” a qual dedicou a si próprio com as seguintes palavras: “A mim mesmo, com estima e satisfação eternas”. Era muito cara de pau e muito orgulhoso.

Os irmãos em Corinto tinham um sério problema com a soberba ou orgulho. Este era o maior pecado daquela igreja. Senão vejamos:

• 1 Coríntios 4:18 – Paulo confronta os soberbos.

• 1 Coríntios 5:1 – Soberbos com relação aos pecados sexuais.

• 1 Coríntios 8:1 – Soberbos com relação ao conhecimento.

b. Ilustração acerca de William Carey

• Missionário na Índia.

• Aguardou 7 anos até ver o primeiro convertido.

• Linguista hábil ele traduziu parte das escrituras para cerca de 34 línguas diferentes.

• Seu primeiro emprego foi de sapateiro, consertando solas de sapatos.

• Quando ele chegou à Índia foi totalmente desprezado devido o estrito sistema de castas que existia naquele país.

• Um dia, em um jantar, um Indiano esnobe teve uma idéia e tentou humilhar Carey. Disse o indiano “Eu ouvi dizer Sr. Carey que quando o senhor estava na Inglaterra o senhor fabricava sapatos. Carey respondeu: ”Oh não meu senhor, jamais fabriquei um sapato sequer, eu apenas consertava sapatos”.

• É impossível humilhar uma pessoa verdadeiramente humilde!

Como diz um ditado, muito sábio por sinal, retirado diretamente do pára-choque de um caminhão: “Os caminhões vazios são os que fazem o maior barulho.”

c. Versos que falam contra a soberba ou orgulho.

• Provérbios 8:13 - O temor do SENHOR consiste em aborrecer o mal; a soberba, a arrogância, o mau caminho e a boca perversa, eu os aborreço.

• Provérbios 11:2 - Em vindo a soberba, sobrevém a desonra, mas com os humildes está a sabedoria.

• Provérbios 13:10 - Da soberba só resulta a contenda, mas com os que se aconselham se acha a sabedoria.

• Provérbios 16:18 - A soberba precede a ruína, e a altivez do espírito, a queda.

•Provérbios 29:23 - A soberba do homem o abaterá, mas o humilde de espírito obterá honra.

3. 1 Coríntios 13:5a

Vamos agora ver novas atitudes do amor bíblico:

1. O amor não se conduz inconvenientemente - οὐκ ἀσχημονεῖ - não comportar-se indecentemente ou de maneira vergonhosa. O amor é respeitoso e não faz nada que possa envergonhar a pessoa amada.

• Esta conduta inconveniente acontecia em Corinto de três maneiras:

1) Em primeiro lugar pela atitude das mulheres em recusar usar véus nas reuniões da congregação, dificultando, com isto, a distinção entre os sexos - 1 Coríntios 11:2—16).

2) Em segundo lugar nos temos a atitude dos membros ricos da comunidade que traziam para as festas comunitárias, montes de comida que consumiam avidamente, enquanto os membros pobres ficavam olhando.

3) Em terceiro lugar havia aqueles que se embriagavam e com isto causavam escândalos nas festas comunitárias chamadas de “festas do amor”.

Como podemos nos conduzir inconvenientemente nos dias de hoje?

• Com relação aos irmãos?

• Com relação aos incrédulos?

2. O amor não procura os seus interesses οὐ ζητεῖ τὰ ἑαυτῆς - querer, pedir, demandar ou requerer algo em benefício próprio.

• Novamente Paulo faz referência a uma situação encontrada na igreja em Corinto. Desta vez tem a ver com a liberdade de se poder comer qualquer coisa, já que a Terra e tudo que está contido nela pertence ao Senhor – Salmos 24:1.

• A consideração primária que devemos fazer não é se “isto ou aquilo” é certo ou válido e sim não buscarmos nossos interesses, mas dos outros. Esse é o exemplo do próprio apóstolo Paulo – ver 1 Coríntios 10:24, 33.

• Outra questão que existia na igreja de Corinto eram os partidos. A igreja lá estava dividida entre os partidos de Paulo, Apolo e Cefas, com alguns defendendo a idéia que pertenciam ao partido de Cristo – esses pretendiam ser mais espirituais que os outros. Todas estas facções tinham seus próprios interesses especiais e desejavam promover estes interesses acima do bem da comunidade inteira.

• Alguns têm dito que esta - procurar os interesses dos outros em primeiro lugar - é a verdadeira medida da vida cristã. Nós somos desafiados a fazer isso mesmo, porque temos Cristo como nosso maior exemplo – ver Romanos 15:1—3. O oposto desta manifestação de amor é a busca egoísta da vantagem própria, da honra pessoal e da influência pessoal sobre outras pessoas.

• Nossa sociedade tem enfatizado e valorizado a importância do ”EU”. Isso pode ser visto, por exemplo, na zombeteira canção da banda Ultraje a Rigor, na música “Eu me amo”. Mas o ensino da Bíblia é claro: “Não tenha cada um em vista o que é propriamente seu, senão também cada qual o que é dos outros” - Filipenses 2:4.

• Buscar o interesse dos outros ou buscar fazer o bem para os outros faz muito bem para nós como pessoas. Existe uma estória interessante de uma senhora bem velinha que durante 2 anos enviou um dinheiro, semanalmente, para um administrador de um cemitério para que o mesmo colocasse flores no túmulo da família. Não tendo mais razão para viver, e sendo informada pelos médicos que a morte estava próxima, ela resolveu visitar o túmulo da família uma última vez. Qual não foi sua surpresa ao ser informada pelo administrador que o dinheiro que ela enviava semanalmente, comprava flores sim, mas as flores eram levadas para um asilo de velhinhos onde podiam ser apreciadas pelos vivos. Aborrecida e incontinenti, a velhinha ordenou ao seu motorista que a levasse embora. Meses se passaram e o administrador não mais recebeu o dinheiro pelo correio nem o corpo da velhinha para ser sepultado. Qual não foi sua surpresa ao ver o carrão da velhinha estacionar em frente ao escritório do cemitério e descer do mesmo não o motorista, mas a própria velhinha. Ela dirigiu-se ao administrador e lhe disse o seguinte: ‘Sabe, você estava certo. As pessoas vivas apreciam tremendamente as flores. Eu mesmo tenho visitado vários asilos levando apenas flores para aquelas pessoas, e posso ver em seus olhos a felicidade que a lembrança e as flores trazem. Por outro lado meus médicos estão bastante confusos, pois não sabem ao que atribuir minha melhora significativa.” FAZER O BEM FAZ BEM”.

• Existe em todos nós o desejo de sermos maiores do que somos, de sermos recebedores de honras maiores e de sermos mais influentes do que somos. Pois bem, para nossa surpresa a Bíblia traz a receita perfeita para alcançarmos estes alvos:

“SABEIS QUE OS GOVERNADORES DOS POVOS OS DOMINAM E QUE OS MAIORAIS EXERCEM AUTORIDADE SOBRE ELES. ENTRE VOCÊS, PORÉM, NÃO DEVE SER ASSIM; PELO CONTRÁRIO QUEM QUISER TORNAR-SE GRANDE ENTRE VÓS, SERÁ ESTE QUE VOS SIRVA; E QUEM QUISER SER O PRIMEIRO ENTRE VÓS SERÁ VOSSO SERVO(ESCRAVO). VOCÊS DEVEM SER EXATAMENTE COMO O FILHO DO HOMEM; ELE NÃO VEIO PARA SER SERVIDO, MAS SIM PARA SERVIR E DAR SUA VIDA COMO RESGATE POR MUITOS” Mateus 20:25—28.

4. 1 Coríntios 13:5b.

1. O amor não se exaspera - παροξύνεται - paroxúnetai = Irritar, promover a ira. Ser irritado, ficar nervoso. É o egoísmo que gera a irritabilidade. É dessa palavra que procede a expressão “paroxismo” em português. Paroxismo é a combinação de duas palavras: 1) “paro” que significa súbito, imediato; e 2) “xismo” que significa cisma, cisão, rompimento e etc. Dessa maneira, nós podemos dizer esta palavra, no original grego, define uma explosão ou erupção súbita e avassaladora.

Mas Paulo nos diz neste versículo que:

• O verdadeiro amor nunca fica aborrecido, irritado ou com raiva.

• O amor nunca está disposto para uma luta.

• A mensagem de hoje vale para todas as pessoas, mas particularmente para aqueles que “explodem” facilmente.

a. Ilustração da Filha de Jonathan Edwards

Jonathan Edwards foi o terceiro presidente da Universidade Presbiteriana de Princeton em Nova Jersey. Ele tinha uma filha de gênio incontrolável. Um jovem rapaz se apaixonou por aquela moça. E porque o namoro deles foi todo de “laços e flores” ele nunca percebeu como ela era de verdade. Quando chegou o dia de pedi-la em casamento o jovem procurou o Rev. Edwards e lhe disse:

Jovem: Rev. Edwards eu gostaria de me casar com sua filha fulana.
Edwards: Lamento, mas você não pode tê-la.
Jovem: Mas, Rev. Edwards, eu a amo.
Edwards: Mesmo assim você não pode tê-la.
Jovem: Mas, ela me ama!
Edwards: Ainda assim você não pode casar-se com ela.
Desesperado, o Jovem perguntou: Mas por que?
Edwards: Porque ela não é digna de você.
Jovem: Como assim? Ela não é uma moça cristã?
Edwards: Ela é sim, mas a graça de Deus é capaz de conviver com pessoas que ninguém mais é capaz de conviver.

Ou seja, a filha do Rev. Edwards era como aquela mulher que um dia disse: Eu explodo mesmo, mas tudo passa depois de 1 minuto. O mesmo acontece com a bomba atômica!

b. Ira ou raiva não têm relação com a indignação justa.

Nós podemos ver esse tipo de manifestação nos seguintes casos?

• Cristo quando limpou a área do templo – ver João 2:13—17.

• Martinho Lutero quando afixou suas teses nas portas da Catedral de Wittenberg.

Nós temos a obrigação de manifestarmos uma ira santa contra nossos pecados ou aqueles que desafiam a pessoa de Deus ou Sua santa palavra.

• Vocês não imaginam a luta que eu enfrento para preparar cada mensagem ou estudo que tenho que proferir. Eu preciso lutar contra o relógio, lutar contra a minha própria ignorância e preconceitos, lutar contra minhas dificuldades com o texto, no original grego!; lutar contra minha preguiça e contra todas as pessoas que tentam alterar minhas prioridades.

c. A Ira a qual Paulo está se referindo é fruto do egoísmo que existe em cada um de nós e é sempre dirigida a outro ser humano e só pode ser vencida pelo verdadeiro amor.

• Quando nós nos iramos nós não estamos amando a pessoa que é o alvo da nossa ira.

•Quando nos iramos, nós dizemos coisas que ferem profundamente e que são muito difíceis de serem esquecidas. Palavras ditas nestas horas deixam marcas profundas em:

 Maridos

 Esposas

 Filhos

 Irmãos da Igreja

Temos que reconhecer que a ira não é algo fácil de ser controlado, mas a menos que aprendamos a fazê-lo, jamais experimentaremos o verdadeiro amor.

O amor é a única cura para a irritabilidade, porque a irritabilidade é, em última análise, simplesmente nosso egoísmo explodindo.

d. Versos de apoio:

• Salmos 37:8 - Deixa a ira, abandona o furor; não te impacientes; certamente, isso acabará mal.

• Provérbios 14:17 - O que presto se ira faz loucuras, e o homem de maus desígnios é odiado.

• Provérbios 16:32 - Melhor é o longânimo do que o herói da guerra, e o que domina o seu espírito, do que o que toma uma cidade.

• Provérbios 19:11 - A discrição do homem o torna longânimo, e sua glória é perdoar as injúrias.

• Provérbios 22:24-25 - Não te associes com o iracundo, nem andes com o homem colérico, para que não aprendas as suas veredas e, assim, enlaces a tua alma.

• Eclesiastes 7:9 - Não te apresses em irar-te, porque a ira se abriga no íntimo dos insensatos.

• Mateus 5:22 - Eu, porém, vos digo que todo aquele que sem motivo se irar contra seu irmão estará sujeito a julgamento; e quem proferir um insulto a seu irmão estará sujeito a julgamento do tribunal; e quem lhe chamar: Tolo, estará sujeito ao inferno de fogo.

• Colossenses 3:8 - Agora, porém, despojai-vos, igualmente, de tudo isto: ira, indignação, maldade, maledicência, linguagem obscena do vosso falar.

• Tiago 1:19 - Sabeis estas coisas, meus amados irmãos. Todo homem, pois, seja pronto para ouvir, tardio para falar, tardio para se irar.

OUTROS ESTUDOS EM 1 CORÍNTIOS 13










Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis 

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.

4 comentários:

  1. Olá irmao!
    Não há link para seguirmos para parte 4 do estudo.
    Onde posso obte-lo?
    Atenciosamente,
    Soraya Barbosa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara Soraya,

      Mil perdões pelo nosso grave erro.

      Obrigado por ter feito a gentileza de nos ajudar apontando nossa inconsistência.

      Abaixo seguem os links para todos os quatro estudos da série:

      OUTROS ESTUDOS EM 1 CORÍNTIOS 13


      http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2011/12/1-corintios-13-parte-1-uma-exposicao.html


      http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2011/12/1-corintios-13-parte-2-uma-exposicao.html


      http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2011/12/1-corintios-13-parte-3-uma-exposicao.html


      http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2011/12/1-corintios-13-parte-4-uma-exposicao.html

      Grande abraço fraterno,

      Irmão Alex

      Excluir
  2. Leandro Carvalho6 de abril de 2017 12:32

    Graça e paz Irmão Alex!

    Na 3ª parte do estudo "Uma exposição bíblica do amor" não consegui abrir a imagem que tem o sub-título do capitulo. Poderia por favor informar

    Desde já agradeço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro leandro,

      Obrigado por chamar nossa atenção. A imagem original estava atrelada a uma página de Facebook que não existe mais.

      Substituímos a mesma por uma nova imagem.

      Abraço,

      irmão Alex

      Excluir