sexta-feira, 21 de agosto de 2015

ENCONTROS DE PODER — 034 — A EVIDÊNCIA DO NOVO TESTAMENTO — PARTE 18 — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 002



Atenção esse artigo é parte de uma série onde pretendemos tratar dos alegados encontros de poder e de curas maravilhosas que nos são apresentadas todos os dias pelos pastores midiáticos. No final de cada estudo você encontrará links para outros estudos.

Continuação...

No idioma grego da Antiguidade o uso das letras do alfabeto eram as στοιχεῖαstoicheîa — expressão traduzida na ARA por “elementos”. Tais elementos eram as partes irredutíveis da palavra, do mesmo modo que os fonemas são para as sílabas, os números são para a aritmética, os teoremas são para a geometria e as notas musicais são para escala musical. Esses elementos são os elementos básicos físicos de tudo o que existe. Todos eles eram sido chamados de στοιχεῖαstoicheîa — antes que o primeiro século d.C. surgisse, e aparentemente todas as pessoas tinham plena ciência desses fatos.

Assim é comum lermos em Isócrates o seguinte: “os elementos da boa comunidade”. Já Plutarco menciona “os elementos primordiais da virtude”. Galeno escreveu um livro acerca do conhecimento médico da época, dizendo: “tratar-se dos elementos — princípios — ensinados por Hipócrates. Euclides fez exatamente o mesmo com relação aos “elementos ou teoremas da geometria”[1].

στοιχεῖαstoicheîa — então, como diz A. J. Bandstra[2] é um termo de uso geral ou formal, o qual não tem nenhum conteúdo específico. Também não guarda nenhuma relação com demônios ou espíritos astrais. A única coisa que o termo denota é um componente irredutível cujo significado precisa ser suprido pelo contexto em que o termos está sendo usado.

Essa conclusão não deve causar nenhum tipo de surpresa, já que usamos a expressão “elemento” em português da mesma maneira. Nós falamos de elementos físicos, dos elementos da Santa Ceia, dos elementos de um problema, dos elementos de uma tormenta. Ao usarmos essas frases o contexto nos informa imediatamente se estamos tratando da Tabela Periódica dos Elementos Químicos, ou do pão e do vinho sobre mesa, ou de aspectos fundamentais de um determinado problema ou ainda, duma ventania com chuva. Desse modo é o contexto que nos ajuda a discernir entre estudos elementares e partículas físicas elementares.

Essa solução torna possível abandonarmos as muitas tentativas de interpretar de forma simples e específica a expressão στοιχεῖαstoicheîa — e passar a tratar cada ocorrência do termo “elemento” conforme o contexto determina. Nós podemos fazer um teste e nos beneficiar bastante do mesmo analisando as obras de Filo, pois como ele usa στοιχεῖαstoicheîa — de forma bem mais frequente o Novo Testamento faz, ele acaba por suprir um espectro de nuanças bem maior do que o que encontramos nas Escrituras Sagradas.


FREQUÊNCIA
SIGNIFICADO
NATUREZA
54
Os quatro elementos: Água. Terra. Ar e fogo

3
Aquilo que foi criado

3
Forças da Natureza
GRAMÁTICA
13
Letras do Alfabeto

1
Os sons básicos da fala

1
As vogais

1
O alfabeto em si mesmo
NÚMERO
1
A fonte de um número
OUTROS
2
A parte constituinte de algo

1
Elementar em oposição a “completado”

1
Elementar — tendo um estado de existência

4
Expressão idiomática
TOTAL
85


De modo mais importante ainda, devemos notar que Filo usa στοιχεῖαstoicheîa — com diferentes significados, não apenas num mesmo livro, mas até mesmo dentro de uma mesma passagem, confiando que o contexto imediato ajudará o leitor a entender o significado daquilo que ele deseja dizer. Isso concorda plenamente com o que dissemos acima. E mais, não existe uma única passagem em Filo ode ele faz uso de στοιχεῖαstoicheîa — para indicar espíritos, estrelas ou demônios.

O termo  στοιχεῖαstoicheîaaparentemente não possui um termo hebraico precedente. Mas o mesmo era um termo corrente de Platão em diante. O uso desse termo e Hebreus e 2 Pedro é como algo corriqueiro. Já em Gálatas e Colossenses o mesmo é exclusivamente paulino. Lemos o seguinte em —

Hebreus 5:12

Pois, com efeito, quando devíeis ser mestres, atendendo ao tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade de alguém que vos ensine, de novo, quais são os princípios elementares dos oráculos de Deus; assim, vos tornastes como necessitados de leite e não de alimento sólido.

o autor está falando dos princípios elementares acerca da palavra de Deus. É como se ele estivesse dizendo, que os hebreus a quem a epístola se destinava tinham a necessidade de aprender, outra vez, o ABC da Palavra de Deus, sendo isso uma prova de que eles precisavam de leite e não de alimento sólido.

CONTINUA...

LISTAS DOS ESTUDOS DE ENCONTROS DE PODER

001 — Introdução =

002 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = Expressões Diversas

003 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀρχῆ — arché e ἄρχων — árchon

004 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἐξουσίαις – exousías – potestades, autoridades.

005 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = δυνάμεις — dunámeis — poderes.

006 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = Θρόνοι— thrónoi — tronos.

007 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = κυριοτῆς — kuriotês — domínio.
008 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ὀνόματι — onómati — nome.

009 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἄγγελοs — ággelos — anjo.

010 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = δαιμονίον — daimoníon — demônioπνεῦμα τὸ πονηρὸν — pneûma tò poniròn — espírito malignoἀγγέλους τε τοὺς μὴ τηρήσαντας τὴν ἑαυτῶν ἀρχὴν— angélous te toùs me terèsantas tèn eautôn archèn — anjos, os que não guardaram o seu estado original ou anjos caídos.

011 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações.

012 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações — Parte 2.

013 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações — Parte 3 — Final.

014 — A Evidência do Novo Testamento – Parte 1 — Introdução

015 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 2 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 2:6—8 — Parte 1

016 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 3 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 2:6—8 — Parte 2

017 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 3 — As Passagens Disputadas — Romanos 13:1—3

018 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 4 — As Passagens Disputadas — Romanos 8:31—39

019 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 5 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 15:24—27a — PARTE 1

020 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 6 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 15:24—27a — PARTE 2

021 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 7 — As Passagens Disputadas — Colossenses 3:13—15 — PARTE 1

022 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 8 — As Passagens Disputadas — Colossenses 3:13—15 — PARTE 2

023 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 9 — As Passagens Disputadas — Efésios 1:20—23 — AS REGIÕES CELESTIAIS — PARTE 1

024 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 10 — As Passagens Disputadas — Efésios 1:20—23 — AS REGIÕES CELESTIAIS — PARTE 2

025 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 11 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 3

026 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 12 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 4

027 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 13 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 5 

028 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 14 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 6

029 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 15 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 7 — A DESTRUIÇÃO DA MORTE E DE SEUS ALIADOS

030 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — A CRIAÇÃO DE TODAS AS COISAS POR MEIO DE E PARA O PRÓPRIO CRISTO

031 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — TENTANDO DEFINIR OS PODERES

032 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — TENTANDO DEFINIR OS PODERES —PARTE 002

033 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 17 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 001

034 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 18 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 002

035 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 19 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 003

036 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 20 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 004

037 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 21 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 005

038 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 22 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 006

039 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 23 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 007

040 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 24 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 008

041 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 25 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 009

042 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 26 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 010
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/11/encontros-de-poder-estudo-042-vencendo.html

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis.

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no facebook através do seguinte link: 


Desde já agradecemos a todos.



[1] Todas as citações foram retiradas da Série Great Books of The Western World publicada pela Encyclopaedia Britannica, Inc. Chicago, Fifth Printing 1994.
[2] Bandsta, A. J.  Law and Elements. J. H. Kok, N. V. Kampen, 1964.

Nenhum comentário:

Postar um comentário