domingo, 6 de novembro de 2016

JOÃO 15 - SERMÃO 001 - A VIDEIRA


Resultado de imagem para jesus é a videira verdadeira

Esse artigo é parte da série onde expomos o Salmo 86 e é muito recomendável que o leitor procure conhecer todos os aspectos das verdades contidas nesse Salmo, com aplicações para os nossos dias. No final do artigo você encontrará um link para os outros estudos.
PERMANECENDO EM CRISTO

Uma Exposição Bíblica e Teológica de João 15



Introdução:

A. João capítulo 15 nos apresenta uma alegoria entre uma videira e seus ramos. Essa alegoria encontra-se bem na metade do longo período que Cristo passou com seus discípulos na última noite, antes de ser preso — ver João 13:1 — 16:31.

B. No Antigo Testamento o povo de Israel é representado como uma videira, de modo especial, em dois cânticos que encontramos no profeta Isaías:

1. Isaías 5:1—7.

2. Isaías 27:2—6.

C. Entretanto, o povo de Israel fracassou por completo em produzir os frutos esperados e essa falha culminou em um terrível juízo de Deus — ver Isaías 5.

D. Por contraste, Jesus que é a verdadeira videira, e seus discípulos, que são os ramos que permanecem no Senhor, produzem os frutos esperados — ver Isaías 26.

E. Esse capítulo começa com a sétima e a última afirmação de Cristo conhecidas como as afirmativas: “EU SOU”:

João 6:35

Declarou-lhes, pois, Jesus: Eu sou o pão da vida; o que vem a mim jamais terá fome; e o que crê em mim jamais terá sede.

João 8:12

De novo, lhes falava Jesus, dizendo: Eu sou a luz do mundo; quem me segue não andará nas trevas; pelo contrário, terá a luz da vida.

João 10:9

Eu sou a porta. Se alguém entrar por mim, será salvo; entrará, e sairá, e achará pastagem.


João 10:11

Eu sou o bom pastor. O bom pastor dá a vida pelas ovelhas.


João 11:25

Disse-lhe Jesus: Eu sou a ressurreição e a vida. Quem crê em mim, ainda que morra, viverá.


João 14:6

Respondeu-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida; ninguém vem ao Pai senão por mim.


João 15:1

Eu sou a videira verdadeira, e meu Pai é o agricultor.

F. Quando Jesus afirma ser a videira verdadeira, Ele reforça o tema recorrente no Evangelho de João de que, Ele, Jesus, é o Verdadeiro Israel. A referência a Seu Pai como o agricultor, nos remete de volta para Isaías capítulo 5 de Isaías, onde Deus aparece cuidando de uma vinha que só produz frutos ruins e imprestáveis. A fertilidade de Cristo e dos discípulos é contrastada com a infertilidade do povo de Israel.

G. Nesse capítulo Jesus usa duas imagens para descrever os crentes:

1. Ramos: que indica nossa necessidade de permanecer em Cristo e o grande privilégio que temos de compartilhar da vida do próprio Filho de Deus.

2. Amigos: que indica nosso privilégio em conhecê-lo e nossa responsabilidade em obedecer a Seus mandamentos.

H. Bem, vamos então começar a analisar o capítulo 15 de João observando, em primeiro lugar, a..

A VIDEIRA E SEUS RAMOS — Parte 1

I. A Videira.

A. Herodes, o Grande, investiu durante mais de quarenta anos no templo e na área ao redor do mesmo em Jerusalém, para deixá-lo o mais bonito possível.

B. Seu último presente havia sido um quadro com uma videira, em ouro maciço, em altorrelevo.

C. Todos os judeus entendiam a importância da videira tanto para a economia local quanto como um símbolo da Aliança entre Deus e o povo de Israel.

D. Portanto, Jesus não estava introduzindo nada novo ao fazer Sua afirmação, a não ser o aspecto de que Ele mesmo era a videira verdadeira e não o povo de Israel.

E. Existem três videiras mencionadas nas Escrituras como alegorias.

II. Israel, a Videira do Passado.

A. Existem várias passagens no Antigo Testamento que falam de Israel como uma videira. Algumas dessas passagens são:

1. Salmos 80:8—19.

2. Isaías 5:1—7.

Jeremias 2:21

Eu mesmo te plantei como vide excelente, da semente mais pura; como, pois, te tornaste para mim uma planta degenerada, como de vide brava?

3. Ezequiel 19 10—14.

Oséias 10:1

Israel é vide luxuriante, que dá o fruto; segundo a abundância do seu fruto, assim multiplicou os altares; quanto melhor a terra, tanto mais belas colunas fizeram.

F. Deus havia tomado o povo de Israel da terra do Egito e, como uma planta, os transplantou na Terra de Canaã onde lhes supriu todas as necessidades. Não é à toa, que o Senhor pergunta em

Isaías 5:4

Que mais se podia fazer ainda à minha vinha, que eu lhe não tenha feito? E como, esperando eu que desse uvas boas, veio a produzir uvas bravas?

G. Apesar de todas as benesses recebidas o povo de Israel nunca produziu os frutos esperados. Quais eram esses frutos? Uma resposta resumida pode ser encontrada em —

Jeremias 22:3

Assim diz o SENHOR: Executai o direito e a justiça e livrai o oprimido das mãos do opressor; não oprimais ao estrangeiro, nem ao órfão, nem à viúva; não façais violência, nem derrameis sangue inocente neste lugar.

H. O resultado final disso tudo foi: juízo severo e destruição! Como diz o apóstolo Paulo em —

Gálatas 6:7

Não vos enganeis: de Deus não se zomba; pois aquilo que o homem semear, isso também ceifará.

III. A Videira do Futuro

A. Essa videira é o Planeta Terra.

B. Essa videira está descrita no Livro do Apocalipse. Não nos esqueçamos que trata-se de uma analogia.

Apocalipse 14:14—20

14 Olhei, e eis uma nuvem branca, e sentado sobre a nuvem um semelhante a filho de homem, tendo na cabeça uma coroa de ouro e na mão uma foice afiada.

15 Outro anjo saiu do santuário, gritando em grande voz para aquele que se achava sentado sobre a nuvem: Toma a tua foice e ceifa, pois chegou a hora de ceifar, visto que a seara da terra já amadureceu!

16 E aquele que estava sentado sobre a nuvem passou a sua foice sobre a terra, e a terra foi ceifada.

17 Então, saiu do santuário, que se encontra no céu, outro anjo, tendo ele mesmo também uma foice afiada.

18 Saiu ainda do altar outro anjo, aquele que tem autoridade sobre o fogo, e falou em grande voz ao que tinha a foice afiada, dizendo: Toma a tua foice afiada e ajunta os cachos da videira da terra, porquanto as suas uvas estão amadurecidas!

19 Então, o anjo passou a sua foice na terra, e vindimou a videira da terra, e lançou-a no grande lagar da cólera de Deus.

20 E o lagar foi pisado fora da cidade, e correu sangue do lagar até aos freios dos cavalos, numa extensão de mil e seiscentos estádios.

C. Os crentes não pertencem a essa videira, mas todos os não crentes em Jesus se encontram nessa grande videira Terra. É dela que os incrédulos recebem seu sustento e todo tipo de satisfação para mantê-los longe do caminho estreito que conduz à vida eterna.

IV. A Videira do Tempo Presente: O Senhor Jesus.

A. Jesus é a Videira Verdadeira e nós, os crentes, somos os ramos dessa videira.

B. Como crentes verdadeiros, nós não vivemos de substitutos — religiões do mundo em geral — mas todo nosso sustento vem exclusivamente do Senhor Jesus Cristo.

C. O simbolismo da videira e das varas é idêntico ao do corpo, onde Cristo é a cabeça e nós somos os membros.

D. Os crentes verdadeiro mantêm um relacionamento vivo e diário com Jesus e pertencem ao Senhor e a mais ninguém.

V. Nossa União com Cristo como os Ramos de Uma Videira.

Nossa união com Cristo — como ramos de uma videira — pode ser descrita de três maneiras, a saber:

1. Nossa união com Cristo é uma união Viva o que nos faculta produzir frutos para o reino de Deus e para a eternidade.

2. Nossa união com Cristo é uma união Amorosa para que possamos desfrutar de todos os benefícios que Ele, em Sua graça, nos concede.

3. Nossa união com Cristo é uma união Eterna. Então não temos nada a temer acerca do que o futuro nos reserva.

Conclusão

A. Como vimos, Jesus é o único capaz de suprir todas as nossas necessidades mais profundas. Ele, e apenas Ele é:

1. O único Pão que sacia toda nossa fome e sede espirituais.

2. A única e verdadeira Luz do Mundo.

3. A única porta que nos garante acesso à vida eterna.

4. O único Bom Pastor que sabe como cuidar bem de todos nós.

5. A Ressurreição e a Vida que Ele nos oferece, como todo o resto, apenas por sua graça.

6. O único Caminho, a única Verdade e a única Vida. Se Jesus é único em todas essas coisa nós não podemos nos enganar pensando que talvez exista alguma alternativa.

7. Jesus é a única Videira Verdadeira.

B. Quando você pensa em Jesus como é seu relacionamento com ele?

Você mantém um relacionamento VIVO e diário com Ele? Amando o Senhor e obedecendo à Sua Palavra?

C. Note que existem pessoas que mantêm uma relação não viva com Jesus.

Pessoas que mantêm uma relação parasitária com o Senhor. Querem apenas se aproveitar de Jesus.

C. Qual é a tua videira? Ou seja: de onde você espera vir teu sustento?

1. Formação – Educação?

2. Conta bancária?

3. Emprego – negócio?

4. Amizades

5. QI – Quem Indicou?

D. Como ramos verdadeiros da videira verdadeira, nós precisamos receber todo nosso sustento, EXCLUSIVAMENTE, da videira verdadeira que é JESUS.

F. É por isso, que insistimos tanto com os irmãos para que:

1. Leiam suas Bíblias diariamente.

2. Orem diariamente e participem da Reunião de Oração.

3. Participem das reuniões de estudos bíblicos — quartas feiras, sábados, e da Escola Dominical aos domingos.

4. Participem do culto de adoração público aos Domingos à noite.

5. Participem e promovam as atividades da igreja entre seus parentes e amigos.

G. Procurem uns aos outros para comunhão e edificação mútua.

Que Deus abençoe a todos.

OUTRAS MENSAGENS DA SÉRIE PERMANECENDO EM CRISTO

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.


Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário