segunda-feira, 2 de janeiro de 2017

EDUCAÇÃO CRISTÃ - ESTUDO 017 - O QUE O NOVO TESTAMENTO ENSINA ACERCA DA IGREJA - PARTE 005 - AS METÁFORAS ACERCA DA IGREJA


Resultado de imagem para PESSOAS ANDANDO JUNTAS

O propósito dessa série é introduzir o leitor na vasta gama de materiais relacionados à Educação Cristã. Nosso foco central estará sempre localizado nos chamados “Ministérios da Igreja” que refletem a vida prática ou o dia a dia do que deve estar acontecendo em todas as igrejas locais.

V. O Ensinamento do Novo Testamento Acerca da Igreja — Parte 005


III. AS METÁFORAS ACERCA DA IGREJA DE JESUS


Existem na Bíblia inúmeras metáforas[1] aplicadas ao povo de Deus. No Novo Testamento o povo de Deus foi chamado de: família, noiva, vinha, edifício, reino e rebanho de ovelhas. Mas a metáfora mais importante é aquela que compara a Igreja — ἡ ἐκκλησία ekklissía — com o Corpo de Cristo. Todas as metáforas anteriores possuem um termo relativo correspondente no Antigo Testamento. A metáfora do Corpo, todavia, é introduzida no Novo Testamento, e é exclusiva da Nova Aliança.

A. A Implicação número 1 da ἐκκλησία ekklissía igreja, como corpo de Cristo, é: UNIDADE.

Existem no Novo Testamento inúmeras passagens que nos ensinam acerca da unidade fundamental que existe na ἐκκλησία ekklissía. Esta unidade é tanto dos crentes individualmente com o Senhor, como uns com os outros.

1 Coríntios 12:12

Porque, assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros, sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo.

O corpo é corpo somente quando reconhece esta unidade!

Efésios 5:23

Porque o marido é o cabeça da mulher, como também Cristo é o cabeça da igreja, sendo este mesmo o salvador do corpo.

Apesar desta verdade, alguns irmãos acham que eles é que são a cabeça da igreja!


1. Como é que alguém se torna parte da igreja que é o corpo de Cristo?

1 Coríntios 12:13 tem a resposta:

Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito.

Os cristãos constituem uma unidade, porque a salvação através de Jesus Cristo é o ponto inicial da unidade. Nós devemos nos esforçar por preservar essa unidade e nunca devemos fazer nada para tentar “criá-la” —

Efésios 4:3

Esforçando-vos diligentemente por preservar a unidade do Espírito no vínculo da paz.

2. O que é o Batismo com o Espírito Santo?

É sermos colocados pelo Espírito Santo no Corpo de Cristo que é a igreja. O Batismo com o Espírito Santo não é e nunca foi uma “segunda experiência” como ensinada pelas denominações pré-pentecostais, pentecostais, de terceira e quarta onda de todos os matizes, nos últimos 130 anos.

Mas não fomos somente colocados pelo Espírito Santo no corpo de Cristo. A cada um de nós, que cremos em Jesus, também nos foi concedido “beber de um só Espírito”. Isto é uma metáfora para indicar que o Espírito Santo veio habitar dentro de cada um de nós que cremos em Jesus. Cada crente e todo crente é habitado pelo Espírito de Deus e é parte da unidade que o Espírito Santo forma no corpo de Cristo que é a igreja — ver Romanos 8:9 e Efésios 4:3. Além disso, todo e cada crente foi ungido por Deus com o Espírito Santo e recebeu o Espírito Santo como selo e penhor  — garantia —

2 Coríntios 1:21—22

21 Mas aquele que nos confirma convosco em Cristo e nos ungiu é Deus,

22 que também nos selou e nos deu o penhor do Espírito em nosso coração.

Não existem supercrentes! Não existe nenhuma unção especial. Cada crente precisa se consagrar completamente a Jesus Cristo e se deixar absorver integralmente pelo Espírito Santo.

A unidade da igreja não está baseada, portanto, em relacionamentos artificiais nem organizacionais. Apesar dessas verdades, ainda assim existem pessoas que preferem se separar, “formar panelas” com outras pessoas que pensam e agem da mesma maneira. A dicotomia que existe, de forma tão evidente, entre o “povão”, no dizer de um pastor presbiteriano da nossa cidade e os “ministros”, entre o “nós e o eles” é tão escandalosa que deveria nos fazer corar de vergonha, só pensarmos em promover tamanha iniquidade. Somos UM no Senhor e nenhum crente possui absolutamente nada em que ele possa se gloriar ou usar para se mostrar arrogante com relação a outros crentes!

3. Como é o organograma da igreja corpo de Cristo é bem simples:

JESUS CRISTO É O CABEÇA DO CORPO QUE É A IGREJA
 
O CORPO DE CRISTO, QUE É A IGREJA É COMPOSTO POR CADA UM E TODOS OS CRENTES QUE ESTÃO EM CRISTO

a. A ἐκκλησία ekklissía — igreja é uma noiva com um só esposo; um rebanho com um só pastor; um jogo de ramos pertencentes a uma só vinha; um reino com um só rei; uma família com um só pai; um edifício com um só fundamento e um corpo com uma só cabeça que é Jesus Cristo!

b. A ἐκκλησία ekklissía — igreja em Corinto estava dividida em vários grupos. Uns diziam que eram de Paulo, outros diziam que eram de Apolo e outros ainda diziam que eram de Cefas ou Pedro. Mas havia um grupo, “mais espiritual”, que dizia que era de Cristo — ver 1 Coríntios 1:12. O apóstolo Paulo cheio de indignação pergunta:

1 Coríntios 1:13

Acaso, Cristo está dividido? Foi Paulo crucificado em favor de vós ou fostes, porventura, batizados em nome de Paulo?


E mais adiante conclui dizendo:

1 Coríntios 3:21—23

Portanto, ninguém se glorie nos homens; porque tudo é vosso: seja Paulo, seja Apolo, seja Cefas, seja o mundo, seja a vida, seja a morte, sejam as coisas presentes, sejam as futuras, tudo é vosso, e vós, de Cristo, e Cristo, de Deus.

Tudo o que foi dito acima demonstra quão equivocada e abusiva é a tentativa contemporânea de unir, visivelmente, a igreja sob o tacão dos modernos autodenominados Apóstolos e Profetas. Não compreendendo que a unidade fundamental da igreja é algo que já existe, esses senhores insistem em buscar uma unidade visível e alienígena, baseada no que existe de pior, que é a distinção já mencionada entre o “nós” e o “eles” — ver acima.

Assim sendo, devemos andar de forma prática, de acordo com o chamado que recebemos e com a posição de plena unidade que temos “em Cristo” —

Efésios 4:1

Rogo-vos, pois, eu, o prisioneiro no Senhor, que andeis de modo digno da vocação a que fostes chamados.


B. Este andar deve levar em conta as seguintes verdades:


1. Todos os crentes estão “em Cristo” e isto quer dizer que além de sermos um, temos todos, rigorosamente, a mesma posição. Assim sendo, ninguém é superior nem inferior a outrem. Este fato é um impulso que Deus nos dá visando nos ajudar a preservar a unidade que temos pela ação do Espírito Santo. O surgimento de castas sacerdotais, seja na forma de Apóstolos e Profetas, seja na forma de Reverendos, Pastores, Doutores e outras formas similares no seio da ἐκκλησία ekklissía — igreja, é o fator número um do porque as comunidades encontram-se tão fragmentadas. O personalismo e o individualismo de algumas dessas pessoas chega a ser imoral.

2. Jesus aboliu todas as barreiras de nacionalidade, raça, classe social e sexo para com isto poder criar uma nova humanidade genuinamente unida —

Romanos 10:12

Pois não há distinção entre judeu e grego, uma vez que o mesmo é o Senhor de todos, rico para com todos os que o invocam.

Gálatas 3:28

Dessarte, não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.



Efésios 2:11—22

11 Portanto, lembrai-vos de que, outrora, vós, gentios na carne, chamados incircuncisão por aqueles que se intitulam circuncisos, na carne, por mãos humanas,

12 naquele tempo, estáveis sem Cristo, separados da comunidade de Israel e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança e sem Deus no mundo.

13 Mas, agora, em Cristo Jesus, vós, que antes estáveis longe, fostes aproximados pelo sangue de Cristo.

14 Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um; e, tendo derribado a parede da separação que estava no meio, a inimizade,

15 aboliu, na sua carne, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz,

16 e reconciliasse ambos em um só corpo com Deus, por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade.

17 E, vindo, evangelizou paz a vós outros que estáveis longe e paz também aos que estavam perto;

18 porque, por ele, ambos temos acesso ao Pai em um Espírito.

19 Assim, já não sois estrangeiros e peregrinos, mas concidadãos dos santos, e sois da família de Deus,

20 edificados sobre o fundamento dos apóstolos e profetas, sendo ele mesmo, Cristo Jesus, a pedra angular;

21 no qual todo o edifício, bem ajustado, cresce para santuário dedicado ao Senhor,

22 no qual também vós juntamente estais sendo edificados para habitação de Deus no Espírito.

Colossenses 3:11.

No qual não pode haver grego nem judeu, circuncisão nem incircuncisão, bárbaro, cita, escravo, livre; porém Cristo é tudo em todos.

Apesar de tudo isso, a maioria daqueles que se chamam cristãos não aceitam e nem permitem serem controlados por estas verdades. Estes não entendem que em Cristo toda a discriminação termina. Na ἐκκλησίαekklissía — igreja que Jesus criou e da qual Ele, Jesus, é o cabeça, distinções não podem ser toleradas!


Note como todos os crentes, indistintamente, são chamados de:


Concidadãos — Efésios 2:19.

Co-herdeiros — Efésios 3:6.

Coparticipantes — Efésios 3:6.

Membros uns dos outros — Romanos 12:5.


Esta questão da unidade é tão crucial que o Senhor Jesus orou especificamente acerca deste assunto —

João 17:20—21

20 Não rogo somente por estes, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra;

21 a fim de que todos sejam um; e como és tu, ó Pai, em mim e eu em ti, também sejam eles em nós; para que o mundo creia que tu me enviaste.

Note a implicação: quando formos supersensíveis às necessidades uns dos outros — unidade — o mundo irá crer que Jesus é o enviado de Deus.

Para nos ajudar nesta missão de unidade o Senhor Jesus nos deu a mesma glória que recebeu do Pai —

João 17:22—23

22 Eu lhes tenho transmitido a glória que me tens dado, para que sejam um, como nós o somos;

23 eu neles, e tu em mim, a fim de que sejam aperfeiçoados na unidade, para que o mundo conheça que tu me enviaste e os amaste, como também amaste a mim.

E o que é esta glória que Ele nos deu? A resposta não é o que é esta glória, e sim, quem é “esta glória”! A glória que o Senhor Jesus nos deu é o Espírito Santo —

1 Pedro 4:14

Se, pelo nome de Cristo, sois injuriados, bem-aventurados sois, porque sobre vós repousa o Espírito da glória e de Deus.

CONTINUA...

OUTROS ESTUDOS ACERCA DE EDUCAÇÃO CRISTÃ

001 — A EXCELÊNCIA DA VIDA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM ENSINAR — PARTE 001

002 — A EXCELÊNCIA DA VIDA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM ENSINAR — PARTE 002

003 —A EXCELÊNCIA DA VIDA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM ENSINAR — PARTE 003

004 — A IMPORTÂNCIA DA ALIANÇA COM DEUS

005 — OS ALVOS DA EDUCAÇÃO CRISTÃ

006 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 001 — INTRODUÇÃO — OS COLONIZADORES VÊM EM NOME DE DEUS

007 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 002 — NOSSAS ESCOLAS TEOLÓGICAS

008 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 003 — IGREJAS CORPORATIVISTAS E INSTITUCIONALIZADAS E EDUCAÇÃO CRISTÃ PADRONIZADA

009 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 004 — CONSUMISMO E CELEBRITISMO

010 — O PROPÓSITO SINGULAR DE DEUS PARA OS NOSSOS DIAS

011 — A PALAVRA IGREJA NO NOVO TESTAMENTO

012 — A EXPRESSÃO GREGA “EM CRISTO” — ἐν Χριστῷ

013 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA

014 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 002

015 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 003

016 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 004 — A IGREJA COMO PLENITUDE

017 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 005 — A UNIDADE DA IGREJA CRISTÃ

018 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 006 — HUMILDADE E AMOR EM MEIO À DIVERSIDADE DE DONS
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/educacao-crista-estudo-018-o-que-o-novo.html
019 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 007 — A IGREJA COMO MISTÉRIO DE DEUS
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/02/educacao-crista-estudo-019-o-que-o-novo.html
020 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 008 — COMO A IGREJA É FORMADA OU CRIADA?
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/03/educacao-crista-estudo-020-o-que-o-novo.html
021 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — PARTE 009 — QUANDO A IGREJA COMEÇOU?
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/03/educacao-crista-estudo-021-o-que-o-novo.html
Que deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.


[1]  Metáfora — Figura de linguagem que consiste na transferência de uma palavra para um âmbito semântico que não é o do objeto que ela designa, e que se fundamenta numa relação de semelhança subentendida entre o sentido próprio e o figurado; translação.

Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário