sexta-feira, 13 de novembro de 2015

ENCONTROS DE PODER — 036 — A EVIDÊNCIA DO NOVO TESTAMENTO — PARTE 20 — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 004



Atenção esse artigo é parte de uma série onde pretendemos tratar dos alegados encontros de poder e de curas maravilhosas que nos são apresentadas todos os dias pelos pastores midiáticos. No final de cada estudo você encontrará links para outros estudos.

Continuação...

Em Gálatas 4:8—11 lemos —

8 Outrora, porém, não conhecendo a Deus, servíeis a deuses que, por natureza, não o são;

9 mas agora que conheceis a Deus ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como estais voltando, outra vez, aos rudimentos fracos e pobres, aos quais, de novo, quereis ainda escravizar-vos?

10 Guardais dias, e meses, e tempos, e anos.

11 Receio de vós tenha eu trabalhado em vão para convosco.

Nessa passagem Paulo faz uma referência direta ao passado pagão dos gálatas ao afirmar: Outrora, porém, não conhecendo a Deus, servíeis a deuses que, por natureza, não o são. Tendo agora tomado conhecimento do Deus Vivo, Paulo mostra-se chocado que os gálatas estejam querendo retornar às práticas pagãs que adotavam anteriormente: mas agora que conheceis a Deus ou, antes, sendo conhecidos por Deus, como estais voltando, outra vez, aos rudimentos fracos e pobres, aos quais, de novo, quereis ainda escravizar-vos? Todavia, o abandono da fé cristã pela volta ao paganismo não era, no entender de Paulo, uma volta literal ao paganismo e sim a adoção fútil dum cristianismo judaizado que exigia a prática da circuncisão e da observância da lei de Moisés — conforme o verso 10 acima.

Talvez, por causa da metáfora acerca da infância que temos em Gálatas 3:23 — 4:7, a melhor forma de traduzir a expressão grega στοιχεῖα — stoicheîa — seja por algo semelhante a “superstições infantis”. Crenças em vários deuses estava entre as “coisas rudimentares” que lhes havia sido permitidas enquanto era menores —

Deuteronômio 4:19

Guarda-te não levantes os olhos para os céus e, vendo o sol, a lua e as estrelas, a saber, todo o exército dos céus, sejas seduzido a inclinar-te perante eles e dês culto àqueles, coisas que o SENHOR, teu Deus, repartiu a todos os povos debaixo de todos os céus.  

Mas retornar a essas infantilidades quando já se encontravam na idade adulta seria equivalente a deixar-se aprisionar, novamente, como escravos. Essa leitura seria semelhante a de  —

Hebreus 5:12

Pois, com efeito, quando devíeis ser mestres, atendendo ao tempo decorrido, tendes, novamente, necessidade de alguém que vos ensine, de novo, quais são os princípios elementares dos oráculos de Deus; assim, vos tornastes como necessitados de leite e não de alimento sólido.

que trata do “ABC” da fé cristã. Desse modo temos que as chamadas “coisas rudimentares” são os elementos básicos que constituem os cultos, as praticas cerimoniais, as crenças e o comportamento tanto de judeus como de gentios, nos dias de Paulo. É possível que tais práticas religiosas fossem inevitáveis, mas retornar para tais práticas, depois de ter experimentado a liberdade incomparável da fé em Cristo, seria algo, verdadeiramente catastrófico.

στοιχεῖα — stoicheîa — em Gálatas nos parece então, fazer referência a todas as práticas básicas, a crenças, a rituais e celebrações que são fundamentais para a existência religiosa dos povos, sejam eles judeus ou gentios. Em

Gálatas 4:3

Assim, também nós, quando éramos menores, estávamos servilmente sujeitos aos rudimentos do mundo.

Paulo usa o termo para incluir os gentios numa discussão acerca do judaísmo e de suas práticas de então, para que os mesmos não ficassem de fora de uma discussão tão importante, por maior que fosse o desprezo que os judeus nutriam por tais situações. Mas o fato que permanece é que, para Paulo, naqueles dias, judeus e gentios não eram em nada diferentes uma vez que se encontravam todos debaixo da ira de Deus.

Romanos 11:32

Porque Deus a todos encerrou na desobediência, a fim de usar de misericórdia para com todos.

Gálatas 3:22

Mas a Escritura encerrou tudo sob o pecado, para que, mediante a fé em Jesus Cristo, fosse a promessa concedida aos que creem.

Os gentios como os judeus, também tinham se encontrado sob a guarda de noções religiosas equivocadas que os impediam tanto de conhecer a Deus como de serem conhecidos por Ele.

Gálatas 4:9 desenvolve o mesmo tipo de pensamento, mas de forma reversa: tendo sido escravo durante a infância a tais crenças, doutrinas e práticas elementares, eles correm o risco de se venderem outra vez para a velha escravidão, ao adotarem a lei judaica, a qual não é diferente, em tipo, daquilo que antes os escravizava. Agora, uma vez que eles experimentaram a vida pelo Espírito de Deus, libertados de qualquer lei, vivendo a partir de um coração no qual o próprio Senhor Jesus Cristo habita, como poderiam desejar retornar para uma vida sob regras e regulamentos de uma lei heterônima. Assim podemos concluir esse verso afirmado que  στοιχεῖα — stoicheîa — aqui aponta para práticas religiosas comuns observadas tanto por judeus como por gentios, todas igualmente inadequadas.

LISTAS DOS ESTUDOS DE ENCONTROS DE PODER

001 — Introdução =

002 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = Expressões Diversas

003 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀρχῆ — arché e ἄρχων — árchon

004 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἐξουσίαις – exousías – potestades, autoridades.

005 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = δυνάμεις — dunámeis — poderes.

006 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = Θρόνοι— thrónoi — tronos.

007 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = κυριοτῆς — kuriotês — domínio.
008 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ὀνόματι — onómati — nome.

009 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἄγγελοs — ággelos — anjo.

010 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = δαιμονίον — daimoníon — demônioπνεῦμα τὸ πονηρὸν — pneûma tò poniròn — espírito malignoἀγγέλους τε τοὺς μὴ τηρήσαντας τὴν ἑαυτῶν ἀρχὴν— angélous te toùs me terèsantas tèn eautôn archèn — anjos, os que não guardaram o seu estado original ou anjos caídos.

011 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações.

012 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações — Parte 2.

013 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações — Parte 3 — Final.

014 — A Evidência do Novo Testamento – Parte 1 — Introdução

015 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 2 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 2:6—8 — Parte 1

016 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 3 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 2:6—8 — Parte 2

017 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 3 — As Passagens Disputadas — Romanos 13:1—3

018 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 4 — As Passagens Disputadas — Romanos 8:31—39

019 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 5 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 15:24—27a — PARTE 1

020 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 6 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 15:24—27a — PARTE 2

021 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 7 — As Passagens Disputadas — Colossenses 3:13—15 — PARTE 1

022 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 8 — As Passagens Disputadas — Colossenses 3:13—15 — PARTE 2

023 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 9 — As Passagens Disputadas — Efésios 1:20—23 — AS REGIÕES CELESTIAIS — PARTE 1

024 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 10 — As Passagens Disputadas — Efésios 1:20—23 — AS REGIÕES CELESTIAIS — PARTE 2

025 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 11 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 3

026 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 12 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 4

027 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 13 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 5 

028 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 14 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 6

029 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 15 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 7 — A DESTRUIÇÃO DA MORTE E DE SEUS ALIADOS

030 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — A CRIAÇÃO DE TODAS AS COISAS POR MEIO DE E PARA O PRÓPRIO CRISTO

031 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — TENTANDO DEFINIR OS PODERES

032 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — TENTANDO DEFINIR OS PODERES —PARTE 002

033 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 17 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 001

034 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 18 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 002

035 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 19 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 003

036 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 20 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 004

037 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 21 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 005

038 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 22 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 006

039 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 23 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 007

040 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 24 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 008

041 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 25 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 009

042 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 26 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 010
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/11/encontros-de-poder-estudo-042-vencendo.html

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis.

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link: 


Desde já agradecemos a todos.      

Nenhum comentário:

Postar um comentário