quarta-feira, 13 de julho de 2016

EFÉSIOS - SERMÃO 025 – A IGREJA É UNA PORQUE DEUS É UM - EFÉSIOS 4:4—6 -



Esse esboço de sermão é parte da série "Exposição da Epístola aos Efésios" e é muito recomendável que o leitor procure conhecer todos os aspectos das verdades contidas nessa exposição, com aplicações para os nossos dias. No final do artigo você encontrará um link para outros estudos dessa série.

EXPOSIÇÃO DA EPÍSTOLA DE PAULO AOS EFÉSIOS


Introdução.

A. Na última mensagem nós lidamos com o fato de que a verdadeira Igreja do Senhor é somente uma e esta Igreja, como já temos afirmado reiteradas vezes através desta série de mensagens, não pode ser confundida nem identificada com nenhuma denominação existente.

B. A Igreja é uma porque ela é constituída por pessoas que foram regeneradas pela ação do Espírito Santo, independentemente, da denominação a que estejam vinculadas. Fomos todos batizados em um só corpo por um mesmo Espírito e a todos nos foi dado beber de um mesmo Espírito —

1 Coríntios 12:13

Pois, em um só Espírito, todos nós fomos batizados em um corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nós foi dado beber de um só Espírito.

C. Por causa dessas verdades nós afirmamos e insistimos em afirmar que: A primeira e mais importante implicação para a vida de qualquer comunidade é a manutenção da Unidade que o Espírito Santo nos proporciona — Efésios 4:3.

D. Mas para podermos manter a unidade com que Deus nos abençoa é necessário desenvolvermos certas qualidades espirituais:

1. Humildade — Tem tudo a ver com questões de mérito. Não temos nenhum mérito diante de Deus e por este motivo devemos manter uma postura constante de humildade. O conceito de meritocracia tão do agrado de certas pessoas não tem espaço dentro da Igreja do Senhor. Jesus disse:

Mateus 5:3

Bem-aventurados os humildes de espírito, porque deles é o reino dos céus.

2. Mansidão — Tem tudo a ver com questões de direito. Nossos direitos são protegidos por Deus, não precisamos exigir nossos direitos quando os mesmos forrem ignorados ou violados por ninguém. Jesus disse:

Mateus 5:5

Bem-aventurados os mansos, porque herdarão a terra.

3. Longanimidade — Tem tudo a ver com paciência. A grande maioria de nós desiste rapidamente em vez de exercitar a mesma longanimidade que percebemos em Deus —

Números 14:18

O SENHOR é longânimo e grande em misericórdia, que perdoa a iniquidade e a transgressão, ainda que não inocenta o culpado, e visita a iniquidade dos pais nos filhos até à terceira e quarta gerações.

4. Suportando uns aos outros — Na comunhão cristã não somos nem melhores nem piores do que ninguém. Por este motivo, nós devemos manter uma posição equilibrada, pensando com moderação acerca de nós mesmos e nos dispondo, às vezes a ajudar e, outras vezes, a nos deixar ajudar.

Romanos 12:3

Porque, pela graça que me foi dada, digo a cada um dentre vós que não pense de si mesmo além do que convém; antes, pense com moderação, segundo a medida da fé que Deus repartiu a cada um.

E. E tudo isto, nos diz o Apóstolo Paulo, deve ser embalado pelo AMOR — ver 1 Coríntios 13:1—8.

F. Hoje queremos expandir esses conceitos um pouco mais dizendo que:

A IGREJA É UNA PORQUE DEUS É UM

I. Um Só Deus Manifesto em Três Pessoas: Deus Pai, o Senhor Jesus e o Espírito Santo.

A. Por sete vezes, em Efésios 4:4—6, Paulo usa as expressões gregas ἓν en — um, numa e, εἷς eis — um.

B. E através do uso desse numeral cardinal — UM — Paulo nos diz que existe:

1. UM Espírito Santo — Efésios 4:4.

2. UM Senhor Jesus Cristo — Efésios 4:5.

3. UM Deus e Pai — Efésios 4:6.

C. As outras 4 instâncias em que Paulo usa o cardinal UM, dizem respeito à nossa relação com o Deus Trino.

II. Nossa Relação com o Espírito Santo.

A. Nossa relação com o Espírito Santo é manifestada da seguinte forma:

Efésios 4:4

Há somente um corpo e um Espírito.

B. Existe somente um Corpo de Cristo — a Igreja — porque existe somente um Espírito. A Igreja é chamada de “Corpo de Cristo — ver Efésios 1:23 — e é composta tanto de judeus como de gentios — ver Efésios 2:14—17 — e deve sua unidade básica à ação do Espírito Santo de Deus que habita e anima os crentes individualmente e coletivamente.

C. Como já vimos antes fomos batizados por um só Espírito e a todos nos foi dado beber de um mesmo Espírito — ver 1 Coríntios 12:13. Por causa desses atos do Espírito é que existe somente um corpo de Cristo.

D. Outros versos que devemos considerar nesse contexto são

Gálatas 3:26—27

26 Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus;

27 porque todos quantos fostes batizados em Cristo de Cristo vos revestistes.

Nesses versos a expressão “batizados em Cristo” não diz respeito ao batismo cristão em ou com água e sim ao Batismo com o Espírito Santo que nos coloca “em Cristo”.

III. Nossa Relação com o Senhor Jesus.

A. Nossa relação com o Senhor Jesus Cristo é manifestada da seguinte forma:

Efésios 4:4—5

... como também fostes chamados numa só esperança da vossa vocação; há um só Senhor, uma só fé, um só batismo –.

B. Porque existe a penas um único Senhor Jesus Cristo, então existe somente uma única esperança.

C. Esperar alcançar a salvação através de outros senhores e senhoras é pura perda de tempo além das graves consequências da perdição eterna.

D. A única fé que pode salvar é a fé em Cristo. O único batismo que realmente importa é o batismo com o Espírito Santo que foi ministrado uma única vez pelo próprio Senhor Jesus.

E. O Batismo com o Espírito Santo ministrado pelo Senhor Jesus não é algo que experimentamos. O Batismo com o Espírito Santo não é algo experimental. É sim, um ato de Deus na história, semelhante à vida, morte, ressurreição e ascensão do Senhor Jesus. O Batismo com o Espírito Santo é semelhante a estes aspectos da pessoa de Cristo e, como tal, é também algo único e que não pode ser repetido.

F. Como só existe um Batismo que realmente importa e, este é com o Espírito Santo, fica bastante evidente como são tolas nossas discussões acerca de:

1. Se podemos ou não batizar crianças.

2. Se devemos batizar por imersão, por efusão ou por aspersão.

3. Se o batismo por imersão pode ser no “tanquinho”, chamado batistério, ou precisa ser em um rio.

4. Se podemos ou não batizar alguém no mar.

5. E muitas outras questões tolas como estas.

IV. Nossa Relação com Deus, o Pai.

A. A nossa relação com Deus, o Pai, é manifestada da seguinte forma:

Efésios 4:6

... um só Deus e Pai de todos, o qual é sobre todos, age por meio de todos e está em todos.

B. Deus é Pai de todos os que pelo batismo com o Espírito Santo pertencem ao Corpo de Cristo. De todos os que foram chamados para exercitar fé em Cristo. De todos cuja esperança se encontra exclusivamente em Jesus.

C. Pensar que Deus é Pai do todas as pessoas, indistintamente, é pura ilusão e grave engano com terríveis consequências por toda a eternidade. 

Conclusão:

A. Existe apenas um Espírito Santo e ele é o instrumento usado pelo Senhor Jesus para nos:

1. Batizar para dentro do Corpo de Cristo nos unindo, de modo absoluto, como Senhor Jesus.

2. Uma vez no Corpo de Cristo nós também estamos unidos, de modo absoluto, uns aos outros.

B. Existe apenas um único Salvador: o Senhor Jesus. Se quisermos ter verdadeira esperança de vida eterna, nossa esperança e fé precisam estar centradas em Jesus somente.

C. Existe somente um Deus verdadeiro, mas ele não é Pai de todos os seres humanos. Somente aqueles que creem em Cristo é que pertencem à verdadeira família de Deus.

D. Assim temos:

1. Um Deus Pai que cria uma família.

2. Um Senhor Jesus que nos oferece uma só fé, uma mesma esperança e um só batismo.

3. Um Espírito que cria um único Corpo de Cristo — uma única Igreja.

OUTRAS MENSAGENS DA SÉRIE NA EPÍSTOLA AOS EFÉSIOS

ALGUNS ASPECTOS DAS INSONDÁVEIS RIQUEZAS DE CRISTO COMO APRESENTADAS EM EFÉSIOS

EFÉSIOS 1:1—2 — SERMÃO 001 — INTRODUÇÃO À EPÍSTOLA AOS EFÉSIOS

EFÉSIOS 1:3—14 — SERMÃO 002 — TODA SORTE DE BÊNÇÃO ESPIRITUAL

EFÉSIOS 1:4—6 — SERMÃO 003 —A BÊNÇÃO DA NOSSA ELEIÇÃO POR DEUS

EFÉSIOS 1:7—8 — SERMÃO 004 —A BÊNÇÃO DA NOSSA REDENÇÃO

EFÉSIOS 1:9—10 — SERMÃO 005 —A BÊNÇÃO DA UNIFICAÇÃO DE TODAS AS COISAS EM CRISTO

EFÉSIOS 1:11—14 — SERMÃO 006 — A BÊNÇÃO DE DEUS EM PERSPECTIVA

EFÉSIOS 1:15—16— SERMÃO OO7 — A IMPORTÂNCIA DA FÉ E DO AMOR

EFÉSIOS 1:16—17 — SERMÃO OO8 — A IMPORTÂNCIA DO ESPÍRITO SANTO EM NOSSAS VIDAS

EFÉSIOS 1:18—21 — SERMÃO OO9 — A ESPERANÇA DO SEU CHAMAMENTO EM NOSSAS VIDAS

EFÉSIOS 1:18—21 — SERMÃO O10 — A RIQUEZA DA GLÓRIA DA SUA HERANÇA NOS SANTOS

EFÉSIOS 1:18—21 — SERMÃO O11 — A SUPREMA RIQUEZA DO SEU PODER

EFÉSIOS 1:22—23 — SERMÃO O12 — A IGREJA E CRISTO COMO PLENITUDE

EFÉSIOS 2:1—3 — SERMÃO O13 — A CONDIÇÃO DO SER HUMANO SEM DEUS

EFÉSIOS 2:4—10 — SERMÃO 014 — A CONDIÇÃO HUMANA  PELA GRAÇA DE DEUS

O QUE DEUS FEZ POR NÓS — SALVAÇÃO

PARA O QUE DEUS NOS SALVOU?

EFÉSIOS 2:11—12 — SERMÃO 015 — NOSSA PRECÁRIA CONDIÇÃO ANTES DE CRISTO VIR AO MUNDO

A VERDADEIRA CIRCUNCISÃO E O VERDADEIRO BATISMO

EFÉSIOS 2:13—18 — SERMÃO 016 — NOSSA NOVA CONDIÇÃO “EM CRISTO”

EFÉSIOS 2:19—22 — SERMÃO 017 — A IGREJA COMO CIDADÃOS, FAMÍLIA E TEMPLO

EFÉSIOS 3:1—7 — SERMÃO 018 — A REVELAÇÃO DO MISTÉRIO DE DEUS

EFÉSIOS 3:8—13 — SERMÃO 019 — PAULO COMO INSTRUMENTO DE DEUS

EFÉSIOS 3:1—13 — SERMÃO 020 — A RELEVÂNCIA DA IGREJA

EFÉSIOS 3:14—21 — SERMÃO 021 — A PATERNIDADE DE DEUS AO QUAL ORAMOS

EFÉSIOS 3:14—21 — SERMÃO 022 — A ORAÇÃO DE PAULO A FAVOR DOS EFÉSIOS

EFÉSIOS 3:14—21 — SERMÃO 023 — A GLÓRIA DEVIDA A DEUS
EFÉSIOS 4:1—3 — SERMÃO 024 — A UNIDADE DA IGREJA

EFÉSIOS 4:4—6 — SERMÃO 025 — A IGREJA É UNA PORQUE DEUS É UM

EFÉSIOS 4:7—10 — SERMÃO 026 — UNIDADE EM MEIO A DIVERSIDADE

EFÉSIOS 4:11 — SERMÃO 027 — OS DONS DE EDIFICAÇÃO DA IGREJA
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/12/efesios-sermao-027-os-dons-de-ensino-e_26.html

Que Deus Abençoe a Todos

Alexandros Meimaridis 

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário