quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Gênesis — Estudo 044 — PARTE 39 — A ALIANÇA DE DEUS COM NOÉ — PARTE 007 — OS FILHOS DE NOÉ — PARTE 003 — A CONTRIBUIÇÃO DOS FILHOS DE NOÉ PARA A HUMANIDADE


ott image

Este estudo é parte de uma Análise do Livro do Gênesis. Nosso interesse é ajudar todos os leitores a apreciarem a rica herança que temos nas páginas da História Primeva da Humanidade. No final de cada estudo o leitor encontrará direções para outras partes desse estudo. 
O Livro do Gênesis

O Princípio de Todas as Coisas

בְּרֵאשִׁית בָּרָא אֱלֹהִים אֵת הַשָּׁמַיִם וְאֵת הָאָרֶץ        
              Eretz   ha  ve-et  Hashamaim  et      Elohim          Bará       Bereshit
               Terra  a      e        céus       os            Deus            criou     princípio No
                                                                                                            Gênesis 1:1

X. Os Filhos de Noé – Gênesis 9:18—29 — CONTINUAÇÃO.

Os registros históricos que possuímos atualmente são compatíveis com o fato de que coube aos descendentes de Cam desbravar e tornar habitável a terra depois do dilúvio. Ao que parece este fato está diretamente atrelado a um ato deliberado de Deus sobre os descendentes de Cam. Para entendermos melhor como Deus agiu com relação aos descendentes de Cam é necessário recolhermos a informação contida em

Gênesis 11:9

Chamou-se-lhe, por isso, o nome de Babel, porque ali confundiu o SENHOR a linguagem de toda a terra e dali o SENHOR os dispersou por toda a superfície dela.

Neste versículo, que é parte da história da Torre de Babel, que será objeto do nosso estudo mais adiante, o texto nos diz que Deus פִיצָם piytsam — dispersou os descendentes de Cam por toda a superfície da terra. Esta expressão traduzida por “dispersou” que dizer, literalmente, espalhado ou esparramado. Todo o conteúdo deste versículo faz referência direta a um ato do próprio Deus que, de maneira forçosa e até mesmo violenta, toma em Suas próprias mãos o ato de espalhar os descendentes de Cam por sobre a superfície do nosso planeta.

A tradição judaica concorda que nem semitas nem jafetitas estiveram envolvidos no episódio da torre de Babel. Registros históricos nos apontam para o fato de que nenhum dos povos que descenderam de Sem e de Jafé sequer possuíam, por muito tempo, uma palavra equivalente à palavra “cidade” — ver Gênesis 9:4 onde o hebraico registra o termo עִיר `iyir — que procede de uma expressão antiga que tinha a ideia de “abrir os olhos” como deve fazer um vigia que guarda um “lugar”. Este “lugar” chegou mais adiante a ser identificado com um acampamento ou mesmo com uma cidade. Não existem registros de que semitas e jafetitas tenham sido esparramados ao mesmo tempo que os camitas nem que tivessem nenhum tipo de inclinação para construir cidades.

Séculos mais tarde e em um ritmo bem mais lento, Jafetitas foram gradativamente se estabelecendo nas áreas que já haviam sido desbravadas pelos descendentes de Cam. Uma vez estabelecidos nestas áreas os descendentes de Jafé adotaram as soluções já inventadas pelos camitas para solucionar problemas e dificuldades da vida do dia-a-dia.

Os Semitas por sua vez ficaram concentrados naquela região — de um modo geral na região do Crescente Fértil. Isto se deveu ao fato de que eles precisavam amadurecer espiritualmente até estarem em condição de serem espalhados dentre outros povos e nações levando consigo a pura fé monoteísta. Todavia, os descendentes de Sem, representados pelos hebreus, em vez de receberem o seu Messias prometido — ver João 1:11 — preferiram rejeitá-lo. A consequência direta deste desprezo representou a remoção do reino particular que lhes pertencia. Este reino foi então entregue nas mãos dos descendentes de Jafé para que fosse devidamente administrado.

O engrandecimento dos jafetitas continua até os nossos dias tendo alcançado expressivo aumento nos últimos 5 séculos. Este aumento veio a expensas dos camitas que eram os donos originais de praticamente todas as terras da Ásia, das Américas, da África e da Oceania.

Os jafetitas são aqueles que decidiram experimentar e explorar nosso planeta de uma maneira que jamais foi sequer imaginada pelos Camitas. Esta exploração descontrolada é a maior responsável pelo estado atual em que o nosso planeta se encontra. No filme estrelado por Kevin Costner, “Dança com Lobos”, temos inúmeros exemplos das diferentes abordagens com relação à natureza entre camitas e jafetitas. Entre estes exemplos existe um que o autor gostaria de destacar. Os camitas, representados pelos índios peles-vermelhas, que eram os habitantes nativos dos Estados Unidos, costumavam matar todos os anos, uma determinada quantidade de búfalos que forneciam a carne necessária para durar até o verão do ano seguinte. Os jafetitas representados pelos caras-pálidas — brancos — quando surgiam no horizonte, matavam tantos búfalos quantos encontrassem pela frente, apenas para lhes retirar o couro. Os animais em si eram deixados apodrecendo nos campos. Dessa maneira, os descendentes de Jafé destruíam os meios de subsistência dos descendentes de Cam contribuindo para o desaparecimento destes povos bem como daquela espécie de animal.     

A contribuição dos camitas para o desenvolvimento da civilização humana pode ser considerada inigualável quando, lendo as obras de historiadores, arqueólogos e antropólogos nós descobrimos que surgiram do seio dos camitas as primeiras descobertas referentes aos seguintes itens — a lista não é exaustiva.

Polias
Catapultas
Engrenagens
Correntes
Pontes Suspensas
Domos e Arcos
Cobre
Bronze
Ferro
Ferro Fundido
Aço
Vernizes
Esmaltes
Borrachas
Ouro e prata
Carvão
Carbono
Potes e Jarros
Cimento
Lentes variadas
Colas
Preservantes
Pregos
Serrotes
Tintas e corantes
Brocas
Prédios
Janelas
Martelos
Aquecimento central
Fogões
Portas
Dobradiças
Lixas
Água encanada
Gás encanado
Linho
Algodão
Seda
Plantas e Mapas
Tapeçaria
Agulhas
Pergaminho
Construções à prova de tremor
Gaze
Crochê
Fios
Corantes
Métodos de silkscreen
Giz
Lápis
Lápis de cera
Escrita
Roupas feitas com penas
Decoração
Papel
Livros
Bibliotecas
Roupas feitas com couro
Envelopes
Correios
Tipos móveis
Fábulas
Sistemas de catalogação
Enciclopédias
Aloés
Peras
Feijões
Emendas invisíveis
Cereais
Cacau
Café
Chás
Gomas de mascar
Tabaco
Abacaxi
Pimenta Chilli
Cajus
Cáscara-sagrada
Amendoins
Mandioca
Alcachofra
Batatas
Tomates
Batata doce
Abobrinha
Milho
Morangos
Lhamas e alpacas
Porcos
Cavalos
Cachorros
Gatos
Venenos e intoxicantes p/caça
Camelos
Vacas
Carneiros
Cangas
Uso de elefantes para arar
Rodas Solidas
Rodas c/ aro
Compasso
Esquis
Armadilhas e redes
Rodas Vazadas
Pontes
Canais
Remos fixos
Uso de animais para caçar
Balões
Planadores
Helicópteros

Embarcações aquáticas
Pipas
Paraquedas
Espelhos
Perucas
Uso de pássaros para navegar
Esmaltes unhas
Pentes
Tesouras
Pós
Veículos com rodas
Pomadas
Escovas
Jóias
Geometria
Barcos impermeáveis
Conceito “zero”
Logaritmos
Trigonometria
Álgebra
Propulsão à jato
Papel moeda
Moedas
Preços
Pesos
Previsão do tempo
Medidas
Salários
Bancos
Empréstimos
Regulamentos Comerciais
Contabilidade
Contratos
Anestésicos
Cocaína
Gargarejos
Pílulas
Supositórios
Loções
Sabões
Ferramentas para trepanação
Ataduras
Torniquetes
Inaladores
Inseticidas
Linhas para pontos cirúrgicos
Fumegadores
Soros
Cesarianas
Quinino
Drogas para dopar animais
Curare
Fórceps
Mumificação
Lâmpadas
Drogas tranquilizantes
Vacinas
Berços
Ventiladores
Brinquedos
Camas dobráveis
Fogões à gás
Aquecedores
Lutas
Futebol
Palcos móveis para teatros
Lacrosse
Xadrez
Damas
Arcos
Panelas e chaleiras que apitam
Bestas
Armaduras
Gases tóxicos
Venenos
Armas pontiagudas
Rifles
Pólvora
Mísseis
Órgãos
Torres incendiárias
Flautas
Trompetes
Trombetas
Harpas
Artilharia pesada.
Guarda-chuva
Óculos
Calendários
Piteiras
Óculos p/neve
Canudinhos
Telescópio (?)
Relógios

Alfinetes de segurança




Impressões digitais

A lista acima indica que os camitas desenvolveram essas tecnologias antes que descendentes de Jafé e de Sem o tivessem feito. Fosse através de uma civilização avançada ou não, o fato é que os camitas sempre demonstraram esta imensa habilidade de explorar os recursos disponíveis na natureza ao redor.
Como podemos ver a contribuição dos camitas para a civilização humana é realmente insuperável. É óbvio que em tempos mais recentes muitos caucasianos — brancos descendentes de Jafé — têm assumido a liderança no desenvolvimento de novas tecnologias. Mas não nos esqueçamos, nem por um instante, que muito de tudo o que é moderno e que aí está recebeu profundas colaborações de japoneses, chineses e indianos — apesar de ramos de indianos serem, de fato, arianos.

As três raças descendentes dos filhos de Noé — Sem, Cam e Jafé — representam algo que vai muito além de meras variações genéticas dentro de certos tipos “raciais”. Existem evidências de que estes três ramos da raça humana foram, de fato, divinamente apontadas e a contribuição de cada um dos ramos é necessária para que a civilização humana se desenvolva para o benefício de todos os seres humanos sem exceção. Assim temos que:

1. A contribuição de Sem é espiritual.

2. A contribuição de Cam é tecnológica.

3. A contribuição de Jafé é intelectual.

Quando estudamos a história da civilização humana nós podemos ver estes três aspectos sendo implementados nesta exata ordem.

O capítulo 9 de Gênesis termina com o registro da morte de Noé aos novecentos e cinquenta anos. Noé viveu 20 anos a mais que Adão e somente 19 anos a menos que Matusalém, que foi o homem que mais viveu, de acordo com o registro bíblico.

CONTINUA...

Outros artigos acerca dO LIVRO DE GÊNESIS

001 — Introdução e Esboço

002 — Introdução ao Gênesis — Parte 2 — Teorias Acerca da Criação

003 — Introdução ao Gênesis — Parte 3 — A História Primeva e Sua Natureza

004 — Introdução ao Gênesis — Parte 4 — A Preparação para a Vida Na Terra

005 — Introdução ao Gênesis — Parte 5 — A Criação da Vida

006 — Introdução ao Gênesis — Parte 6 — O DEUS CRIADOR

007 — Introdução ao Gênesis — Parte 7 — OS NOMES DO DEUS CRIADOR, OS CÉUS E A TERRA

008 – Gênesis — A Criação de Deus - Parte 1 – A Criação de Deus Dia a Dia – O Primeiro Dia — Parte 1

009 – Gênesis — A Criação de Deus - Parte 8A – A Criação de Deus Dia a Dia – O Primeiro Dia — Parte 2

010 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus - Parte 9 – A Criação de Deus Dia a Dia – O Segundo e o Terceiro Dia

011 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 10 — A Criação de Deus Dia a Dia — O Quarto Dia

012 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 11 — A Criação de Deus Dia a Dia — O Quinto Dia

013 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 12 — A Criação de Deus Dia a Dia — O Sexto Dia — Parte 1

013A — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 12A — A Criação de Deus Dia a Dia — O Sexto Dia — Parte 2

014 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 13 — Teorias Evolutivas

015 — Estudo de Gênesis — Gênesis 2 — Parte 14 — GÊNESIS 2A

016 — Estudo de Gênesis — Gênesis 2 — Parte 15 — GÊNESIS 2B

017 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — Parte 16 — GÊNESIS 3A

018 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — Parte 17 — GÊNESIS 3B

019 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — Parte 18 — GÊNESIS 3C

020 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — O Livre Arbítrio — Parte 19

021 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — O Dois Adãos — Parte 20

022 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — A Era Pré-Patriarcal e a Mulher de Caim — Parte 21

023 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — Caim, O Primeiro Construtor de Uma Cidade — Parte 22

024 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — Caim, Como Assassino e Fugitivo da Presença de Deus — Parte 23

025 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — Caim, Como Primeiro Construtor de uma Cidade e Pseudo-Salvador da Humanidade — Parte 24

026 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — A Conclusão Acerca de Caim — Parte 25

027 — Estudo de Gênesis — Gênesis 5 — Sete e outros Patriarcas Antediluvianos — Parte 26

028 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — A Perversidade Humana, Os Filhos de Deus e as Filhas dos Homens— Parte 27A

029 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — OS Nefilim e os Guiborim — Os Gigantes e os Valentes — Parte 27B

030 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — A Maldade do Coração Humano— Parte 27C.

031 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — A Corrupção Humana Sobre a Face da Terra e Deus Pode se Arrepender? — Parte 27D.

032 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — Noé e a arca que ele construiu orientado por Deus — Parte 28A.

033 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — Noé e a arca que ele construiu orientado por Deus — Parte 28B.

034 — Estudo de Gênesis — Gênesis 7 — Noé e a arca que ele construiu orientado por Deus — Parte 29 — O Dilúvio Foi Global Ou Local?

035 — Estudo de Gênesis — Gênesis 8 — A promessa que Deus Fez a Noé e seus descendentes — Parte 30 — Nunca Mais Destruirei a Terra Pela Água

036 — Estudo de Gênesis —  O Valor Perene do Dilúvio para todas as Gerações — PARTE 001

037 — Estudo de Gênesis — O Valor Perene do Dilúvio para todas as Gerações — PARTE 002

038 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 001

039 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 002

040 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 003

041 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 004 — A NATUREZA DA ALIANÇA ENTRE DEUS E NOÉ

042 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 005 — OS FILHOS DE NOÉ — PARTE 001

043 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 006 — OS FILHOS DE NOÉ — PARTE 002 — OS NEGROS SÃO AMALDIÇOADOS?

044 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 007 — OS FILHOS DE NOÉ — PARTE 003 — A CONTRIBUIÇÃO DOS FILHOS DE NOÉ PARA A HUMANIDADE

Que Deus abençoe a todos. 

Alexandros Meimaridis 

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.

Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário