terça-feira, 14 de março de 2017

EDUCAÇÃO CRISTÃ — ESTUDO 020 - O QUE O NOVO TESTAMENTO ENSINA SOBRE A IGREJA — PARTE 008 — A FORMAÇÃO DA IGREJA

Imagem relacionada

A IGREJA — ἐκκλησία: Como a Igreja é Formada?
Essa é uma das perguntas mais cruciais relativas à Igreja Cristã:
De que maneira a Igreja Crista foi, originalmente criada e continua sendo formada nos dias de hoje?
I – Como a Igreja foi formada ou criada?
Como a igreja é o corpo de Cristo — ver Efésios 1:22—23, se nós conseguirmos identificar, no Novo Testamento, como um ou outro foi formado ou criado, teremos a resposta a essa pergunta. Duas referências são fundamentais em nos ajudar com a resposta a essa pergunta. Elas são: 1 Coríntios 12:12—13 e Gálatas 3:26—28.
1 Coríntios 12:12—13
Porque assim como o corpo é um e tem muitos membros, e todos os membros sendo muitos, constituem um só corpo, assim também com respeito a Cristo. Pois em um só espírito, todos nós fomos batizados, em um Corpo, quer judeus, quer gregos, quer escravos, quer livres. E a todos nos foi dado beber de um só Espírito.
E em Gálatas 3:26—28 o mesmo apóstolo, declara:
Pois todos vós sois filhos de Deus mediante a fé em Cristo Jesus; porque todos quantos fostes batizados em Cristo, de Cristo vos revestistes. De tal modo que não pode haver judeu nem grego; nem escravo nem liberto; nem homem nem mulher; porque todos vós sois um em Cristo Jesus.
Existem duas afirmações nas referências acima para as quais eu gostaria de chamar sua atenção. Entendermos exatamente o significado dessas expressões irá nos proporcionar uma compreensão sólida de diversas verdades bíblicas, que possuem profundas implicações tanto do ponto de vista teológico — no que diz respeito à vida da igreja cristã — quanto apologética — no que diz respeito a um erro infantil de interpretação das Escrituras, que já dura mais de 150 anos e que tem levado ao equívoco mais de 500 milhões de pessoas ao redor do mundo. Devemos sempre nos lembrar que um número grande de seguidores de uma doutrina não serve para provar que a mesma é certa. Temos que evitar a armadilha contida na pergunta: afinal de contas, 500 milhões de pessoas, no mundo inteiro, não podem estar erradas! Ou podem? Quando terminarmos a exposição das passagens acima esperamos poder provar as verdades bíblicas que mencionamos, sem apelar para nada que não seja apenas as Escrituras Sagradas. São elas que serão nosso guia nessas tão importantes questões. Quanto a esses que persistem no erro de interpretação dessas verdades, nós não duvidamos da sinceridade dos mesmos, mas insistimos que: apesar de serem sinceros eles estão completamente enganados e em grande perigo quanto a salvação eterna de suas almas.
O que o apóstolo Paulo nos afirma, de modo claro e incisivo, nas passagens acima é o seguinte: A Igreja foi formada ou criada por aquilo que ele, Paulo, chama de Batismo com o Espírito Santo. Em outro capítulo iremos falar acerca dos diversos ministérios do Espírito Santo com relação à vida do crente. Mas aqui, nós queremos concentrar nossa atenção, unicamente, no que estamos chamado de Batismo com o Espírito Santo ou Batismo no Espírito Santo. 
De acordo com o apóstolo Paulo em 1 Coríntios 12:12—13: “em um só espírito, todos nós fomos batizados, em um Corpo”. Existem três afirmações nessa frase e queremos analisar, cada uma delas de forma separada, para entendermos melhor o que o apóstolo Paulo está dizendo:
Em um só espírito — Isto é, o espírito ao qual Paulo se refere é o Espírito Santo, verdade essa que também está afirmado em Efésios 4:4. É através desse e nesse Espírito Santo que duas coisas são realizadas em nossas vidas.
Todos nós fomos batizados — Em português essa afirmação está no modo indicativo, no tempo pretérito perfeito, e descreve uma ação passiva da nossa parte. Isso que dizer que a ação descrita aconteceu no passado, de uma forma completa e terminada e nós não tivemos nenhuma participação ativa no que aconteceu. E tudo isso, aconteceu independentemente do tempo em que estamos lendo esses versículos. Apenas recebemos os benefícios ou fomos agraciados pelos seus efeitos. Em grego, todavia, a expressão ἐβαπτίσθημεν ebaptísthemen — fomos batizados, está na forma verbal chamada de “aoristo indicativo passivo”. O tempo grego aoristo é complexo, mas mesmo assim vamos tentar definir o mesmo: O Aoristo, de forma básica, descreve a ação expressa pelo verbo da seguinte maneira: ele considera a ação, o evento ou o estado em si, como um todo, i.e., descreve um único evento de cada vez. Dessa forma, o uso do tempo aoristo se refere a ação em si mesma, sem se preocupar em especificar sua duração, a maneira como a mesma acontece nem seu resultado final. Por esses motivos, muitas vezes, o aoristo é considerado um tempo verbal indefinido. Diante dessa definição, nós podemos concluir que nossa tradução em português — fomos batizados — reflete, da melhor maneira que é possível em nosso idioma, um único ato praticado pelo Espírito Santo a nosso favor e no qual nós fomos objetos passivos do mesmo. Ao avançarmos na exposição dessa e da próxima passagem — Gálatas 3:26—28 — ficará mais claro porque o Espírito Santo escolheu essa forma verbal para descrever a ação do próprio Espírito Santo no ato que estamos chamando de Batismo com o Espírito Santo.
Em um Corpo — Isto é, todos os crentes verdadeiros foram colocados em um único Corpo, que é a Igreja, o Corpo de Cristo. O próprio Jesus é o cabeça desse Corpo.        
Em Gálatas 3:26—28 nós queremos concentrar nossa atenção na expressão, que diz:
Fostes batizados em Cristo — Novamente nos vemos diante de uma afirmação, em português, que está no modo indicativo, no tempo pretérito perfeito e que também descreve os recipientes da ação como passivos. Como a forma no grego, relativa ao batismo aqui mencionado, é exatamente a mesma que encontramos em 1 Coríntios 12:12—13, ou seja ἐβαπτίσθητε ebaptísthete — fostes batizados, o verbo é exatamente o mesmo: aoristo indicativo passivo. A variação no final das duas expressões em grego, que deve ter sido notada pelo leitor, diz respeito ao pronome pessoal a que se refere: no caso de 1 Coríntios 12:12—13 temos a primeira pessoa do plural — nós  —enquanto, em Gálatas 3:26—28 estamos lidando com a segunda pessoa do plural — vós. 
Nesse instante, existem duas perguntas intermediárias, mas da maior importância, que precisamos fazer:
1. Em 1 Coríntios 12:12—13, Paulo afirma que todos nós fomos batizados. Naquele momento, Paulo estava se referindo apenas a ele e aos membros da igreja em Corinto — nós. Pergunto: foram todos os coríntios batizados com o Espírito Santo, no mesmo dia que o apóstolo Paulo? E mais? Foram todos os crentes em Corinto batizados com o Espírito em um mesmo dia? A resposta imediata é: claro que não, mas como iremos ver, eles foram sim e isso explica, em grande parte o uso do verbo no aoristo indicativo passivo no grego. Além do mais, nós podemos acrescentar aqui, que: a afirmação de Paulo não diz respeito somente a ele e aos crentes da Igreja em Corinto, mas pela sua formulação a mesma acaba por incluir todos os crentes de todas as épocas, inclusive você e eu em pleno século XXI.
2. Em Gálatas 3:26—28, Paulo diz: fostes batizados em Cristo. Pergunto: foram todos os gálatas, verdadeiramente crentes, batizados com o Espírito Santo em um mesmo dia? Novamente a resposta imediata seria: é lógico que não. Mas também, como iremos ver, eles foram sim e mais: também foram batizados com o Espírito Santo num mesmo dia e momento junto com Paulo, com todos os coríntios, além de todos os verdadeiros crentes em Cristo, de todas as eras. Em seguida esperamos mostrar como isso aconteceu a todos nós, em um só grande e glorioso evento.
Antes de prosseguirmos com nossa tentativa de provar que todos os cristãos, sem exceção, foram batizados com o Espírito Santo em um único e mesmo momento, nós temos que ver as consequências do Batismo com Espírito Santo em nossas vidas como apresentadas nas passagens acima. Nessas passagens nós somos ensinados as seguintes verdades, porque fomos todos Batizados com o Espírito Santo: Quando fomos batizados com o Espírito Santo:
1. Paulo afirma: Todos nós fomos batizados — Em primeiro lugar, isso significa que todos nós fomos inseridos ou colocados no Corpo de Cristo, que é a Igreja. Isso quer dizer, que todos nós estamos unidos com Cristo de uma maneira indelével. Mas mesmo que o corpo seja apenas um, o mesmo possui vários membros — ver 1 Coríntios 12:26—27. Aqui estamos falando de UNIDADE e não de UNIFORMIDADE. É verdade que estamos todos em Cristo, mas não temos todos a mesma função no Corpo de Cristo, que é a Igreja. Precisamos aprender, de uma vez por todas, que não existe unidade sem diversidade — ver estudos anteriores dessa mesma série por meio dos links abaixo.
2. Depois, Paulo diz: A todos nos foi dado beber de um só Espírito — Em segundo lugar, o Batismo com o Espírito Santo, além de nos unir com Cristo em Seu Corpo que é a igreja, também nos une, de maneira indelével, uns com os outros, de tal sorte que nosso desenvolvimento e bem estar espiritual estão atrelados a essa união com os outros crentes. Nós precisamos deles e eles precisam de nós. Isso nos ensina que em Cristo não existem pessoas que são mais importantes que outras. Todos, sem exceção, estamos EM CRISTO. Essa é a nossa POSIÇÃO. Mas isso não que dizer que temos todos a mesma função. Precisamos aprender a diferenciar essas duas coisas: POSIÇÃO e FUNÇÃO. Mas nunca devemos cometer o erro de valorizar uma função sobre outra qualquer — ver 1 Coríntios 12:24—25.
Dessa forma nós temos o seguinte modelo apresentado pelas Escrituras, no que diz respeito à nossa união com Cristo e uns com os outros:
DEUS — PAI, FILHO e ESPÍRITO SANTO
 


O POVO DE DEUS — O CORPO DE CRISTO, A IGREJA
 


O INDIVÍDUO — CADA CRENTE INDIVIDUALMENTE
Conclusão:
Podemos então definir o Batismo com o Espírito Santo como sendo “a colocação ou identificação dos que creem com ou no corpo de Cristo, que é a igreja, onde estamos unidos com Cristo e uns com os outros de modo indelével – ver 1 Coríntios 12:12—13; Efésios 1:22—23; Colossenses 1:18; assim como, a colocação do cristão na própria Pessoa do Senhor Jesus Cristo — ver Gálatas 3:26—28.

OUTROS ESTUDOS ACERCA DE EDUCAÇÃO CRISTÃ
001 — A EXCELÊNCIA DA VIDA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM ENSINAR — PARTE 001
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/04/a-excelencia-da-vida-pessoal-daqueles.html
002 — A EXCELÊNCIA DA VIDA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM ENSINAR — PARTE 002
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2013/04/a-excelencia-da-vida-pessoal-daqueles_5.html
003 —A EXCELÊNCIA DA VIDA PESSOAL DAQUELES QUE DESEJAM ENSINAR — PARTE 003
http://ograndedialogo.blogspot.com/2013/04/a-excelencia-da-vida-pessoal-daqueles_6.html
006 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 001 — INTRODUÇÃO — OS COLONIZADORES VÊM EM NOME DE DEUS
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/06/educacao-crista-igreja-crista-no-brasil.html
007 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 002 — NOSSAS ESCOLAS TEOLÓGICAS
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/07/a-igreja-crista-no-brasil-no-seculo-xxi.html
008 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 003 — IGREJAS CORPORATIVISTAS E INSTITUCIONALIZADAS E EDUCAÇÃO CRISTÃ PADRONIZADA
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/08/educacao-crista-igreja-crista-no-brasil.html
009 — A IGREJA NO PRINCÍPIO DO SÉCULO XXI – PARTE 004 — CONSUMISMO E CELEBRITISMO
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2015/10/educacao-crista-igreja-crista-no-brasil.html
012 — A EXPRESSÃO GREGA “EM CRISTO” — ἐν Χριστῷ
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/03/educacao-crista-estudo-012-nossa.html
014 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 002
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/07/educacao-crista-estudo-014-o-que-novo.html
015 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 003
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/09/educacao-crista-estudo-015-o-que-o-novo.html
016 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 004 — A IGREJA COMO PLENITUDE
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/12/educacao-crista-estudo-016-o-que-o-novo.html
017 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 005 — A UNIDADE DA IGREJA CRISTÃ
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/educacao-crista-estudo-017-o-que-o-novo.html
018 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 006 — HUMILDADE E AMOR EM MEIO À DIVERSIDADE DE DONS
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/01/educacao-crista-estudo-018-o-que-o-novo.html
019 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 007 — A IGREJA COMO MISTÉRIO DE DEUS
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/02/educacao-crista-estudo-019-o-que-o-novo.html
020 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — Parte 008 — COMO A IGREJA É FORMADA OU CRIADA?
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/03/educacao-crista-estudo-020-o-que-o-novo.html
021 — O ENSINO DO NOVO TESTAMENTO ACERCA DA IGREJA — PARTE 009 — QUANDO A IGREJA COMEÇOU?
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2017/03/educacao-crista-estudo-021-o-que-o-novo.html

Que deus abençoe a todos. 
Alexandros Meimaridis 
PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:
Desde já agradecemos a todos.
Os comentários não representam a opinião do Blog O Grande Diálogo; a responsabilidade é do autor da mensagem, sujeito à legislação brasileira.

Nenhum comentário:

Postar um comentário