quarta-feira, 26 de outubro de 2016

ESTUDOS NO LIVRO DE PROVÉRBIOS — ESTUDO 010

Resultado de imagem para sabedoria

Nesse estudo iremos abordar o Livro de Provérbios, mas iremos fazer isso de maneira diferente do que apenas apresentar uma exposição, versículo por versículo. Nossa intenção é apresentar os grandes temas que encontramos no livro e dar andamento no mesmo a partir daí.

ESTUDO 010

CONTINUAÇÃO — A SABEDORIA

3. A terceira faceta da sabedoria é o chamado “sábio proceder” que é derivado das seguintes raízes:

הַשׂכֵל — haskel — ser prudente, ser cauteloso, compreender sabiamente, prosperar como em Provérbios 1:3.

מַשׂכִיל — maskiyl — idem à definição acima, mas em Provérbios 10:5.

שׂכְל — sekel — prudência, discernimento, entendimento como em Provérbios 12:8.

Em resumo estamos falando de: bom senso, sabedoria prática, savoir-faire. Sua natureza específica se revela na sua forma verbal, que muitas vezes significa “ter sucesso”. Dois exemplos serão suficientes para ilustrar o que estamos querendo dizer:

A primeira mulher criada confundiu esse verdadeiro “sábio proceder” com algo parecido com sofisticação —

Gênesis 3:6

Vendo a mulher que a árvore era boa para se comer, agradável aos olhos e árvore desejável para dar entendimento, tomou-lhe do fruto e comeu e deu também ao marido, e ele comeu.

Por outro lado, uma mulher chamada Abigail demonstrou esse sábio proceder de forma excelente ao contornar uma crise e poupar a vida de muitas pessoas — ver 1 Samuel 25:3—35

A expressão suprema desse sábio proceder — desmentindo a ideia adotada pela primeira mulher — está no triunfo do Servo do Senhor, conforme lemos em —

Isaías 52:13

Eis que o meu Servo procederá com prudência; será exaltado e elevado e será mui sublime.

Quando esse sábio proceder aparece pela primeira vez no Livro de Provérbios, o mesmo é reivindicado pelo próprio Deus que o vincula com —

Provérbios 1:3b

A justiça, o juízo e a equidade.

O sábio proceder está unido com a expressão תּוּשִׁיָּה  tushiyyah — que pode significar: sabedoria, conhecimento judicioso, sucesso, sabedoria sã ou eficiente, sucesso duradouro. Esse termo pode ser visto em versos tais como —

Provérbios 2:7—8

7 Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; é escudo para os que caminham na sinceridade,

8 guarda as veredas do juízo e conserva o caminho dos seus santos.

Provérbios 8:14

Meu é o conselho e a verdadeira sabedoria, eu sou o Entendimento, minha é a fortaleza.

Isaías 28:29

Também isso procede do SENHOR dos Exércitos; ele é maravilhoso em conselho e grande em sabedoria. Ver Tiago 1:5

Essa é a verdadeira sabedoria sadia e o sábio proceder.

4. Outras facetas da sabedoria são representadas pelos termos:

עָרְמָה — `aremah — que pode ser traduzido por astúcia, esperteza e prudência.

Provérbios 1:4

Para dar aos simples prudência e aos jovens, conhecimento e bom siso.

מְזִמָּה — mezimmah — que é traduzido pela expressão “bom siso” no verso acima, mas pode significar “propósitos ou planos maus”. Esses dois termos podem, e com frequência traduzem aspectos negativos da sabedoria. Podem não retratar um sábio proceder e sim uma degeneração da mesma, como podemos ver nos dois casos abaixo:

A primeira expressão é usada na Bíblia para descrever a serpente no Jardim do Éden —

Gênesis 3:1

Mas a serpente, mais sagaz que todos os animais selváticos que o SENHOR Deus tinha feito.

Já a segunda, é usada para descrever planos degenerados de maldade —

Provérbios 12:2

O homem de bem alcança o favor do SENHOR, mas ao homem de perversos desígnios, ele o condena.

É importante a gente dizer que essas características não precisam, necessariamente, se corromper e, no Livro de Provérbios, nós encontramos uma preocupação marcante, para demonstrar que o homem piedoso se empenha em saber o modo certo de agradar a Deus, planejando todo seu caminho como lemos em —

Provérbios 22:3

O prudente vê o mal e esconde-se; mas os simples passam adiante e sofrem a pena.

5. Um quinto grupo relacionado à sabedoria é composto de duas palavras duma mesma raiz: 

דַּעַת — da`at — conhecimento no sentido de: conhecimento, percepção, habilidade, discernimento, compreensãoe e sabedoria como em —

Provérbios 1:4

Para dar aos simples prudência e aos jovens, conhecimento e bom siso.

לֶקַח  — leqach — prudência, ensinamento, ensino, percepção, instrução como objeto, ensinamento como coisa ensinada, capacidade para ensinar e persuasão como em —

Provérbios 1:5

Ouça o sábio e cresça em prudência; e o instruído adquira habilidade

A primeira expressão dá a entender tratar-se mais do que uma mente bem formada ou conhecimento da verdade, pois envolve até mesmo, o próprio Deus —

Provérbios 2:5

Então, entenderás o temor do SENHOR e acharás o conhecimento de Deus.

Provérbios 3:6

Porque o SENHOR dá a sabedoria, e da sua boca vem a inteligência e o entendimento.

Essa segunda expressão tem a tendência de ressaltar que a doutrina é algo dado e recebido ou assimilado.

OUTROS ESTUDOS ACERCA DO LIVRO DE PROVÉRBIOS

ESTUDO 001

ESTUDO 002

ESTUDO 003
ESTUDO 004

ESTUDO 005

ESTUDO 006

ESTUDO 007
ESTUDO 008

ESTUDO 009

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis
PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário