sexta-feira, 11 de setembro de 2015

JOSÉ COMO TIPO DE CRISTO — ESTUDOS 035 — JOSÉ SOFREU NAS MÃOS DOS GENTIOS



Essa é uma série cujo propósito é estudar, com profundidade, a vida de José como um Tipo do Senhor Jesus Cristo. No final de cada estudo você irá encontrar links para outros estudos. A Série tem o título Geral de: José como Tipo de Cristo.

José Como Tipo de Cristo — Estudos 035

35. José Sofreu nas Mãos dos Gentios.

José sofreu não apenas nas mãos de seus próprios irmãos que acabaram por vendê-lo para uma caravana de gentios, mas foi também maltratado nas mãos dos gentios, que o lançaram injustamente na prisão.

A dispensa de José de suas obrigações na casa de Potifar e sua prisão podem ser vistas como típicas daquelas que todo crente verdadeiro tem de enfrentar —

Provérbios 24:16

Porque sete vezes cairá o justo e se levantará; mas os perversos são derribados pela calamidade.

Moisés, Jó, Jeremias e o Servo Sofredor do ETERNO de Isaías 53 são todos exemplos do tipo de carreira que está proposta para todo cristão verdadeiro. Jesus é o supremo modelo do Novo Testamento e, por isso, o autor de hebreus nos exorta dizendo:

Hebreus 12:1—4

Portanto, também nós, visto que temos a rodear-nos tão grande nuvem de testemunhas, desembaraçando-nos de todo peso e do pecado que tenazmente nos assedia, corramos, com perseverança, a carreira que nos está proposta, olhando firmemente para o Autor e Consumador da fé, Jesus, o qual, em troca da alegria que lhe estava proposta, suportou a cruz, não fazendo caso da ignomínia, e está assentado à destra do trono de Deus. Considerai, pois, atentamente, aquele que suportou tamanha oposição dos pecadores contra si mesmo, para que não vos fatigueis, desmaiando em vossa alma. Ora, na vossa luta contra o pecado, ainda não tendes resistido até ao sangue.

Jesus também sofreu nas mãos de seus irmãos e nas mãos dos gentios conforme a firme denúncia feita por Estêvão —

Atos 4:26—27

Levantaram-se os reis da terra, e as autoridades ajuntaram-se à uma contra o Senhor e contra o seu Ungido; porque verdadeiramente se ajuntaram nesta cidade contra o teu santo Servo Jesus, ao qual ungiste, Herodes e Pôncio Pilatos, com gentios e gente de Israel.

Pedro segue nessa mesma linha e nos diz que somos chamados a seguir nos passos de Jesus —

1 Pedro 2:21

Porquanto para isto mesmo fostes chamados, pois que também Cristo sofreu em 
vosso lugar, deixando-vos exemplo para seguirdes os seus passos.

Além disso, Pedro nos diz —

1 Pedro 5:6

Humilhai-vos, portanto, sob a poderosa mão de Deus, para que ele, em tempo oportuno, vos exalte.

Da perspectiva do povo escolhido a prisão de José antecipava a escravidão do povo de Israel sob os egípcios, um aparente atraso de vida que, em última instância, conduziu ao pleno cumprimento das promessas feitas aos patriarcas.

E são essas mesmas promessas patriarcais que lançam mais luz sobre esse episódio dramático na vida de José. O SENHOR tinha prometido estar com seu pai e avô. E não temos nenhuma dúvida que o Senhor estava com José —

Gênesis 39:2—3

2  O SENHOR era com José, que veio a ser homem próspero; e estava na casa de seu senhor egípcio.

3  Vendo Potifar que o SENHOR era com ele e que tudo o que ele fazia o SENHOR prosperava em suas mãos.

Por esse motivo, a bênção de Deus repousava sobre toda a casa do Egito. A prisão de José é a epítome de toda sua carreira no Egito: foi por meio das aflições de José que Deus trabalhou para preservar a vida de muitos —

Gênesis 50:20

Vós, na verdade, intentastes o mal contra mim; porém Deus o tornou em bem, para fazer, como vedes agora, que se conserve muita gente em vida.
Através de José a promessa feita a Abrão —

Gênesis 12:3

Abençoarei os que te abençoarem e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem; em ti serão benditas todas as famílias da terra.

teve um dos seus muitos cumprimentos. Ao administrar a casa de Potifar José estava sendo preparado para governar todo o Egito. Mas se ele tivesse permanecido como administrador de Potifar, provavelmente, ele nunca teria tido a oportunidade de conhecer o copeiro do Faraó na prisão. E foi através do copeiro do Faraó que José foi elevado até a corte do próprio soberano do Egito. Sua desgraça preliminar era necessária para as glórias que viriam.   

O mesmo é verdade a nosso respeito conforme podemos ler em —

Romanos 8:18

Porque para mim tenho por certo que os sofrimentos do tempo presente não podem ser comparados com a glória a ser revelada em nós.

2 Coríntios 4:17—18

17 Porque a nossa leve e momentânea tribulação produz para nós eterno peso de glória, acima de toda comparação,

18 não atentando nós nas coisas que se vêem, mas nas que se não vêem; porque as que se vêem são temporais, e as que se não vêem são eternas.

Hebreus 13:12—14

12 Por isso, foi que também Jesus, para santificar o povo, pelo seu próprio sangue, sofreu fora da porta.

13 Saiamos, pois, a ele, fora do arraial, levando o seu vitupério.

14 Na verdade, não temos aqui cidade permanente, mas buscamos a que há de vir.

1 Pedro 5:10

Ora, o Deus de toda a graça, que em Cristo vos chamou à sua eterna glória, depois de terdes sofrido por um pouco, ele mesmo vos há de aperfeiçoar, firmar, fortificar e fundamentar.

OUTROS ESTUDOS ACERCA DE JOSÉ COMO TIPO DE CRISTO

Estudo 001 — José como Tipo De Cristo — Introdução

Estudo 002 — José como Tipo De Cristo — A Infância de José

Estudo 003 — José como Tipo De Cristo — Os Irmãos e Os Nomes de José

Estudo 004 — José como Tipo De Cristo — José Como Pastor dos Seus Irmãos

Estudo 005 — José com Tipo De Cristo — José Como o Filho Amado de Seu Pai

Estudo 006 — José com Tipo De Cristo — Jesus, o Filho e Deus Pai

Estudo 007 — José com Tipo De Cristo — José e a Túnica Talar de Distinção
Estudo 008 — José com Tipo De Cristo — O Ódio que os Irmãos de José Tinham Dele

Estudo 009 — José com Tipo De Cristo — José era Odiado por Causa de Suas Palavras

Estudo 010 — José com Tipo De Cristo — José Estava Destinado a Um Futuro Extraordinário

Estudo 011 — José com Tipo De Cristo — José Antecipa Sua Glória Futura

Estudos 012 e 013 — José como Tipo de Cristo — José Sofre nas Mãos de Seus Irmãos e Vai a Busca Deles a Pedido de Jacó

Estudos 014 e 015 — José como Tipo de Cristo — José Busca Fazer o Bem a Seus Irmãos, e É Enviado De Hebrom Para a Região de Siquém

Estudo 016 — José como Tipo de Cristo — José Vai Até a Região de Siquém

Estudos 017 e 018 — José como Tipo de Cristo — José se Torna um Viajante Errante Nos Campos e Campinas da Palestina

Estudos 019 — José como Tipo de Cristo — A Conspiração contra José

Estudos 020 — José como Tipo de Cristo — As palavras de José são Desacreditadas

Estudos 021 e 022 — José como Tipo de Cristo — José é Insultado e Humilhado e José é Lançado num Poço

Estudos 023 e 024 — José como Tipo de Cristo — José é Retirado Vivo do Poço e Os Irmãos de José Misturam Ódio com Hipocrisia

Estudos 025 e 026A — José como Tipo de Cristo — José é Vendido por Seus Irmãos e o Sangue de José é Derramado
Estudos 026B — José como Tipo de Cristo — O Futuro de Israel Profetizado em Gênesis 38

Estudos 027 e 028 — José se Torna um Servo — Jose se Torna Próspero

Estudos 029 — O Senhor de José Estava Muito Feliz com Ele

Estudos 030 — José Como Servo Foi Uma Bênção Para os Outros

Estudos 031 — José Era Uma  Pessoa Consagrada aos Outros

Estudos 032 — José Foi Duramente Tentado, Mas Resistiu à Tentação

Estudos 033 — José Foi Acusado Falsamente

Estudos 034 — José Não Tentou Se Defender das Falsas Acusações

Estudos 035 — José Sofreu nas Mãos dos Gentios

Estudo 036 e 37 — José Ganha o Reconhecimento do Carcereiro e José Foi Numerado com outros Transgressores.

Estudo 038 — José Como Instrumento de Bênção e de Condenação.

Estudo 039 — José Dá Evidências De Seu Conhecimento Quanto Ao Futuro.

Estudo 040 — As Predições de Jose se Tornam Realidades.

Estudo 041A — José Gostaria de Ser Lembrado

Estudo 041B — José Gostaria de Ser Lembrado

Estudo 042 — José Foi Libertado na Hora Certa

Estudo 043 — José Como Revelador dos Mistérios de Deus

Estudo 044 — José Faz Advertências Contra o Perigo Futuro


Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário