quinta-feira, 7 de janeiro de 2016

ENCONTROS DE PODER — 037 — A EVIDÊNCIA DO NOVO TESTAMENTO — PARTE 21 — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 005



Atenção esse artigo é parte de uma série onde pretendemos tratar dos alegados encontros de poder e de curas maravilhosas que nos são apresentadas todos os dias pelos pastores midiáticos. No final de cada estudo você encontrará links para outros estudos.
Continuação...

As duas últimas referências a στοιχεῖαstoicheîa — ocorrem em —

Colossenses 2:8—10

8 Cuidado que ninguém vos venha a enredar com sua filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens, conforme os rudimentos do mundo e não segundo Cristo;

9 porquanto, nele, habita, corporalmente, toda a plenitude da Divindade.

10 Também, nele, estais aperfeiçoados. Ele é o cabeça de todo principado e potestade.

Colossenses 2:20—22

20 Se morrestes com Cristo para os rudimentos do mundo, por que, como se vivêsseis no mundo, vos sujeitais a ordenanças:

21 não manuseies isto, não proves aquilo, não toques aquiloutro,

22 segundo os preceitos e doutrinas dos homens? Pois que todas estas coisas, com o uso, se destroem.

Uma vez que a interpretação correta de στοιχεῖαstoicheîa — depende de modo completo do contexto em que a mesma é utilizada, a primeira coisa que precisamos fazer é entender, com muita clareza, a ocasião em que Paulo escreveu essa carta destinada aos colossenses.

Os versículos de Colossenses 2:8—10 estão intimamente relacionados com os que encontramos em —

Colossenses 2:6—7

6  Ora, como recebestes Cristo Jesus, o Senhor, assim andai nele,

7  nele radicados, e edificados, e confirmados na fé, tal como fostes instruídos, crescendo em ações de graças.

Aquilo que se afirma de modo positivo nos versos 6—7 é contraposto à afirmação que encontramos nos versos 8—10. A linguagem é clara. Os membros da igreja em Colossos estavam seguindo a Cristo e as palavras de advertência não devem ser interpretadas como sendo de correção e sim de cautela, contra o que poderia vir acontecer quando falsos mestres se infiltrassem entre eles, algo que parece que já tinha ocorrido, de acordo com Colossenses 2:10 que veremos mais adiante.

Paulo estava profundamente preocupado com a possível manifestação desses falsos mestres com suas teorias especulativas, apresentadas de forma astuciosa, que bem poderiam minar a confiança que aqueles irmãos tinham em Cristo como o único e completo Salvador, de que temos necessidade. Note bem as palavras usadas por Paulo para descrever a ação desses falsos mestres —

Filosofia e vãs sutilezas, conforme a tradição dos homens.

Mas Paulo também menciona o seguinte —

Os rudimentos do mundo.

E nesse caso ele está fazendo uma referência específica a todos os poderes humanos, que podem ou não estar sob a influência malévola e destruidora dos poderes espirituais constituídos por Deus e que se encontram espalhados pelo universo até que sejam completamente submetidos, pelo próprio Deus, à soberania do Senhor Jesus Cristo.

Já em Colossenses 2:20—22 nós encontramos Paulo, da mesma forma, não condenando os colossenses pela adoção de práticas inconvenientes, mas advertindo-os contra a adoção de práticas ascéticas, as quais o próprio Paulo considerava como inúteis.

Nesse parágrafo, Paulo condena o programa de asceticismo proposto pelos falsos mestres em outros lugares, e que não passava dum ensinamento errado, o qual poderia, a qualquer instante, chegar a Colossos. Essas práticas ascéticas também envolviam certa pretensa adoração a anjos, apesar de ser muito difícil para nós entendermos o que, exatamente, Paulo pretendia dizer com as palavras que encontramos em —

Colossenses 2:18—19

18 Ninguém se faça árbitro contra vós outros, pretextando humildade e culto dos anjos, baseando-se em visões, enfatuado, sem motivo algum, na sua mente carnal,

19 e não retendo a cabeça, da qual todo o corpo, suprido e bem vinculado por suas juntas e ligamentos, cresce o crescimento que procede de Deus.

È possível que esses falsos mestres usassem pretensos contatos com anjos — como muitos falsos mestres usam alegadas revelações da parte de Jesus ou até de Deus mesmo — para impor restrições ascéticas sobre suas próprias vidas e a vida dos outros? O argumento deles bem poderia ser semelhante aos que ouvimos hoje, que “se vocês seguirem minhas instruções, de acordo com o que o anjo me mostrou, vocês alcançarão o que estão procurando e certamente obterão a vitória”. Não podemos ter certeza acerca do que essas pessoas estavam ensinando. Mas duma coisa temos certeza, como acontece nos dias de hoje, todo falso ensinamento causa mais mal do que bem, apesar da miríade de idiotas proclamando o contrário.

Paulo deseja preparar os Colossenses contra o surgimento abrupto de grupos judaizantes de toda ordem — como os muitos que temos hoje no chamado meio evangélico — como havia acontecido já em meio a igrejas localizadas na região da Galácia. Esses indivíduos são caracterizados como lançando mão de πιθανολογίᾳ pithanología — cujo significado é:
1) Discurso adaptado para persuadir, discurso no qual os argumentos prováveis são fornecidos.
2) Num mal sentido, persuasão da fala, discurso ilusório que leva outros ao erro.[1]

Nesse contexto tal termo é usado de modo técico de retórica que faz referência, provavelmente, ao uso argumentos plausíveis, a apresentação de demonstrações e o falar persuasivo. Na retórica esses elementos são apenas parte de um jogo. Foi isso que levou o historiador grego Ariano — viveu durante o segundo século d.C. — a manifestar uma repugnância geral contra a degeneração da retórica como sendo apenas um show, enquanto ele e bem assim, também o apóstolo Paulo usam a expressão com a intenção de descrever “argumentos ilusórios ou enganadores”. Paulo sentia-se inferiorizado diante desses indivíduos, mas ele ainda não percebia que, por meio da ação do Espírito Santo em sua vida e modo de falar e escrever, eles estava criando uma forma “livre de frescuras”, e honesta de falar e escrever que iria alterar, de modo irreversível, a história das cartas escritas.

CONTINUA....

LISTAS DOS ESTUDOS DE ENCONTROS DE PODER

001 — Introdução =

002 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = Expressões Diversas

003 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀρχῆ — arché e ἄρχων — árchon

004 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἐξουσίαις – exousías – potestades, autoridades.

005 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = δυνάμεις — dunámeis — poderes.

006 – A linguagem de “Poder” no Novo Testamento = Θρόνοι— thrónoi — tronos.

007 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = κυριοτῆς — kuriotês — domínio.
008 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ὀνόματι — onómati — nome.

009 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἄγγελοs — ággelos — anjo.

010 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = δαιμονίον — daimoníon — demônioπνεῦμα τὸ πονηρὸν — pneûma tò poniròn — espírito malignoἀγγέλους τε τοὺς μὴ τηρήσαντας τὴν ἑαυτῶν ἀρχὴν— angélous te toùs me terèsantas tèn eautôn archèn — anjos, os que não guardaram o seu estado original ou anjos caídos.

011 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações.

012 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações — Parte 2.

013 — A Linguagem de “Poder” no Novo Testamento = ἀγγέλους  τῶν ἐθνῶν — angélous tôn ethnôn — anjos das nações — Parte 3 — Final.

014 — A Evidência do Novo Testamento – Parte 1 — Introdução

015 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 2 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 2:6—8 — Parte 1

016 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 3 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 2:6—8 — Parte 2

017 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 3 — As Passagens Disputadas — Romanos 13:1—3

018 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 4 — As Passagens Disputadas — Romanos 8:31—39

019 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 5 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 15:24—27a — PARTE 1

020 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 6 — As Passagens Disputadas — 1 Coríntios 15:24—27a — PARTE 2

021 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 7 — As Passagens Disputadas — Colossenses 3:13—15 — PARTE 1

022 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 8 — As Passagens Disputadas — Colossenses 3:13—15 — PARTE 2

023 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 9 — As Passagens Disputadas — Efésios 1:20—23 — AS REGIÕES CELESTIAIS — PARTE 1

024 — A Evidência do Novo Testamento — Parte 10 — As Passagens Disputadas — Efésios 1:20—23 — AS REGIÕES CELESTIAIS — PARTE 2

025 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 11 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 3

026 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 12 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 4

027 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 13 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 5 

028 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 14 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 6

029 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 15 — As Passagens Disputadas — EFÉSIOS 1:20—23 — PARTE 7 — A DESTRUIÇÃO DA MORTE E DE SEUS ALIADOS

030 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — A CRIAÇÃO DE TODAS AS COISAS POR MEIO DE E PARA O PRÓPRIO CRISTO

031 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — TENTANDO DEFINIR OS PODERES

032 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 16 — As Passagens Disputadas — COLOSSENSES 1:16 — TENTANDO DEFINIR OS PODERES —PARTE 002

033 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 17 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 001

034 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 18 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 002

035 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 19 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 003

036 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 20 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 004

037 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 21 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 005

038 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 22 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 006

039 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 23 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 007

040 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 24 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 008

041 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 25 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 009

042 — A Evidência do Novo Testamento — PARTE 26 — As Passagens Disputadas — OS ELEMENTOS DO UNIVERSO — PARTE 010
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/11/encontros-de-poder-estudo-042-vencendo.html

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis.

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link: 


Desde já agradecemos a todos.       



[1] Strong, J., & Sociedade Bíblica do Brasil. Léxico Hebraico, Aramaico e Grego de Strong. Sociedade Bíblica do Brasil, Barueri, (2002; 2005). Edição Eletrônica

Nenhum comentário:

Postar um comentário