sexta-feira, 8 de janeiro de 2016

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 008 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 003



Essa série pretende disponibilizar as informações mais importantes acerca de cada um dos 27 livros que compõem o Novo Testamento. Desde que lançamos nossa série de Introdução ao Antigo Testamento, muitos leitores têm nos questionando acerca de algum material semelhante com respeito ao Novo Testamento. Então, aproveitando que iniciamos uma série de estudos acerca dos manuscritos do Novo Testamento — tecnicamente chamada de “baixa crítica” — estamos usando essa oportunidade para lançar uma série que trate também do texto do Novo Testamento em si, e da interpretação geral do mesmo — “alta crítica”.

I. O EVANGELHO DE MATEUS

D. Elementos Eclesiásticos

Mateus é o único dos quatro evangelistas que apresenta qualquer material que está relacionado com a ideia da Igreja. Esse é o único Evangelho onde encontramos a expressão grega ἐκκλησίαekklisía — igreja no sentido de assembléia ou povo reunido. No Novo Testamento não existe sequer um único caso em que a expressão ἐκκλησίαekklisía — seja usada para descrever um prédio ou uma construção de qualquer tipo. Isso é uma invencionice humana e das mais grotescas, diga-se de passagem.

Como acabamos de falar, sublinhando a expressão grega ἐκκλησίαekklisía — encontramos a expressão aramaica usada por Jesus קָהָלqahal comunidade ou até mesmo a expressão עֵדָה´edad — cuja tradução para o grego é συναγωγή — sunagogé — e significa sinagoga na LXX — SEPTUAGINTA. A palavra grega ἐκκλησίαekklisía — aparece com bastante frequência na LXX, geralmente como uma tradução preferencial para קָהָלqahal. Desse modo, Israel é chamado de יְהוה קהָל quehal YHVH ou ἐκκλησία του̂ κυρίουcomunidade de Deus.
A palavra mais comum usada para se referir a uma comunidade nos dias de Jesus era עֵדָה `edad que é traduzida pelo termo grego συναγωγή — sunagogé — ou sinagoga.


Se Jesus é o Messias, então é apenas natural que imaginemos ao nos referirmos à comunidade do Senhor Jesus, estejamos de fato, nos referindo a Sua comunidade messiânica, ou ao povo escatológico de Deus. De fato Jesus usa a expressão μου̂ moûminha, cuja posição na frase é bastante enfática. É a comunidade messiânica que pertence ao Messias.


Nesse contexto a igreja é apresentada, de modo especial, em sua capacidade disciplinadora. Mas devido o fato de Mateus ser o único a citar a palavra ἐκκλησίαekklisía — igreja, no sentido de assembléia nos lábios de Cristo, muitos estudiosos duvidam da originalidade da mesma. Como justificativa, alegam que a mesma surgiu do ambiente eclesiástico da igreja primitiva. Todavia, como vários autores já deixaram claro, entre os quais podemos citar O. Cullmann e A. Oepke, não existe nenhuma base segura o suficiente para se acreditar nessa ideia, como desposada por A. McNeille, R. Bultmann, e E. Schweizer. Por outro lado, temos que entender que, com exceção dos estudiosos modernos já citados, as palavras de Cristo, como registradas por Mateus receberam aceitação universal durante os anos da igreja primitiva.

Mas além dessa passagem, nós ainda podemos encontrar mais duas outras que demonstram o interesse especial de Mateus naquilo que estamos chamando de questões eclesiásticas. Lemos o seguinte em

Mateus 18:20

Porque, onde estiverem dois ou três reunidos em meu nome, ali estou no meio deles.

Esse verso descreve a forma mais simples de uma igreja local, e essa descrição vai contra todo o besteirol das megaigrejas e da cultura de que sua igreja precisa crescer. Jesus enxerga a realidade de outra maneira. Em qualquer lugar onde estejam reunidos até mesmo, apenas, 2 ou 3 em nome de Jesus, o Senhor promete estar no meio deles. Difícil é encontrar Jesus nas megaigrejas.

Para terminar vamos ver as palavras de Jesus contidas na chamada grande comissão —

Mateus 28:18—20

18 Jesus, aproximando-se, falou-lhes, dizendo: Toda a autoridade me foi dada no céu e na terra.

19 Ide, portanto, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo;

20 ensinando-os a guardar todas as coisas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até à consumação do século.

De acordo com os versos acima a missão da igreja consiste em fazer discípulos de todas as nações e de batizá-los em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo. Além disso, os crentes devem ser ensinados a guardar todas as coisas que Jesus nos ensinou. Diante disso, Jesus assegura para a igreja de todas as eras, sua constante, poderosa e confortadora presença. Amém.

OUTROS ESTUDOS ACERCA DA INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — PARTE 001 — INTRODUÇÃO GERAL AOS EVANGELHOS — ESTUDO 001

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — PARTE 002 — A FORMA LITARÁRIA DOS EVANGELHOS

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — PARTE 003 — MOTIVOS PORQUE OS EVANGELHOS FORAM ESCRITOS

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — PARTE 004 — O LUGAR OCUPADO PELOS QUATRO EVANGELHOS NO NOVO TESTAMENTO

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — PARTE 005 —  A MELHOR FORMA DE ABORDAR OS QUATRO EVANGELHOS

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 006 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 001
INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 007 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 002

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 008 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 003

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 009 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 004

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 010 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 005

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 011 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 006

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 012 – INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 007

INTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 013 — INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 008



IINTRODUÇÃO AO NOVO TESTAMENTO — ESTUDO 014 — INTRODUÇÃO AOS EVANGELHOS — INTRODUÇÃO AO EVANGELHO DE MATEUS — PARTE 009
http://ograndedialogo.blogspot.com.br/2016/12/introducao-ao-novo-testamento-estudo.html

Que Deus abençoe a todos.

Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos.     

Nenhum comentário:

Postar um comentário