quinta-feira, 3 de dezembro de 2015

Gênesis Estudo 035 — Gênesis 8 — PARTE 30 — DEUS FAZ UMA PROMESSA A NOÉ E TODOS OS SEUS DESCENDENTES


Este estudo é parte de uma Análise do Livro do Gênesis. Nosso interesse é ajudar todos os leitores a apreciarem a rica herança que temos nas páginas da História Primeva da Humanidade. No final de cada estudo o leitor encontrará direções para outras partes desse estudo. 
O Livro do Gênesis
O Princípio de Todas as Coisas

בְּרֵאשִׁית בָּרָא אֱלֹהִים אֵת הַשָּׁמַיִם וְאֵת הָאָרֶץ        
        Eretz ha  ve-et  Hashamaim  et  Elohim     Bará     Bereshit
        Terra  a    e     céus      os    Deus      criou   princípio No                                                                                          Gênesis 1:1
IX. A História de Noé — Continuação.


3. A Promessa – Gênesis 8:20 – 22.

A primeira coisa que Noé fez, ao pisar novamente na terra, foi oferecer sacrifícios a Deus. O tipo de sacrifício oferecido por Noé é chamado, pela primeira vez na Bíblia de עֹלֹת olot — holocausto, sacrifício completamente queimado ao Senhor —

Gênesis 8:20

Levantou Noé um altar ao SENHOR e, tomando de animais limpos e de aves limpas, ofereceu holocaustos sobre o altar.

Este tipo de sacrifício era, certamente, uma manifestação tanto da fé, que Noé possuía, como da gratidão que ele experimentava pela tão grande salvação proporcionada por Deus — a salvação oferecida gratuitamente através de Jesus é referida como sendo “grande salvação”, com gravíssimas consequências contra aqueles que recusam aceitá-la —

Hebreus 2:1—4

1 Por esta razão, importa que nos apeguemos, com mais firmeza, às verdades ouvidas, para que delas jamais nos desviemos.

2 Se, pois, se tornou firme a palavra falada por meio de anjos, e toda transgressão ou desobediência recebeu justo castigo,

3 como escaparemos nós, se negligenciarmos tão grande salvação? A qual, tendo sido anunciada inicialmente pelo Senhor, foi-nos depois confirmada pelos que a ouviram;

4 dando Deus testemunho juntamente com eles, por sinais, prodígios e vários milagres e por distribuições do Espírito Santo, segundo a sua vontade.

Em resposta ao ato de Noé, Deus faz uma promessa solene que é exatamente o reverso da promessa anterior e que havia culminado com as águas do Dilúvio:

Gênesis 6:13

Então, disse Deus a Noé: Resolvi dar cabo de toda carne, porque a terra está cheia da violência dos homens; eis que os farei perecer juntamente com a terra.

Gênesis 8:21—22

E o SENHOR aspirou o suave cheiro e disse consigo mesmo: Não tornarei a amaldiçoar a terra por causa do homem, porque é mau o desígnio íntimo do homem desde a sua mocidade; nem tornarei a ferir todo vivente, como fiz. Enquanto durar a terra, não deixará de haver sementeira e ceifa, frio e calor, verão e inverno, dia e noite.

Estas foram decisões tomadas por Deus sem consultar absolutamente ninguém. É assim que age o Deus que é único Senhor Soberano; que domina sobre todos os seres humanos. E, da mesma maneira, que Deus cumpriu completamente sua primeira resolução, nós sabemos que o SENHOR também cumprirá sua segunda resolução, pois como diz o salmista:

Salmos 145:13

O teu reino é o de todos os séculos, e o teu domínio subsiste por todas as gerações. O SENHOR é fiel em todas as suas palavras e santo em todas as suas obras.

Todos nós, uma vez ou outra, já nos perguntamos se nossa própria geração não se tem tornado tão ou mais digna de sofrer um castigo igual, ou mesmo pior do que aqueles que pereceram no dilúvio. Porque será que Deus não executa o mesmo tipo de juízo hoje? Porque Ele permite que continuemos afrontando Sua santidade, enquanto nos afundamos cada vez mais e mais neste tremedal de lama?


Nos versículos acima, de Gênesis 8:21—22, nós encontramos o verdadeiro motivo porque Deus não mais julga, da maneira como julgou aquelas pessoas que pereceram no dilúvio. Nesses versos nós podemos ler acerca da decisão de Deus de não mais destruir os seres humanos como fez quando trouxe o dilúvio. Mas, porque teria Deus tomado esta decisão?


É bem evidente que Deus não estava arrependido por ter trazido o juízo que trouxe sobre a humanidade, pois como já vimos, Deus apenas passou a sentença sobre aquilo que já estava completamente falido e apodrecendo. A frase “porque é mau o desígnio íntimo do homem desde a sua mocidade” nos indica que, mesmo após o dilúvio, o problema da maldade humana persistia. Desta maneira, o resultado obtido com o dilúvio, era apenas temporário e não permanente. O problema do ser humano não tem a ver com a criação e sim com o pecado. Não tem a ver com os homens e sim com o homem, no singular. Dar cabo de todos os seres humanos e começar novamente com uns poucos era uma solução transitória. O que tudo isto nos ensina é que nós precisamos ser recriados, ser novas criaturas, se pretendemos ter a esperança de viver, por toda a eternidade, na presença de Deus.


O apóstolo Paulo nos diz que o mundo caído, incluindo-se ai, tanto os seres humanos como a natureza, está sujeito à vaidade – é algo vão, ilusório, instável ou pouco duradouro – mas aguarda ser plenamente libertado —

Romanos 8:20—22

20 Pois a criação está sujeita à vaidade, não voluntariamente, mas por causa daquele que a sujeitou,

21 na esperança de que a própria criação será redimida do cativeiro da corrupção, para a liberdade da glória dos filhos de Deus.

22 Porque sabemos que toda a criação, a um só tempo, geme e suporta angústias até agora.

O dilúvio trouxe um alívio apenas temporário às complicações causadas pelo pecado. Por este motivo, Deus decide tratar com o pecado de uma maneira definitiva na vinda daquele que foi prometido aos nossos primeiros pais —

Gênesis 3:15

Porei inimizade entre ti e a mulher, entre a tua descendência e o seu descendente. Este te ferirá a cabeça, e tu lhe ferirás o calcanhar.


Juntamente com a vinda de Jesus, Deus providencia que mediante a fé, que ele mesmo nos concede como um presente —

Efésios 2:8

Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus.


que nós sejamos transformados espiritualmente em novas criaturas ou em uma nova criação —

2 Coríntios 5:17

E, assim, se alguém está em Cristo, é nova criatura; as coisas antigas já passaram; eis que se fizeram novas.


Gálatas 6:15

Pois nem a circuncisão é coisa alguma, nem a incircuncisão, mas o ser nova criatura.


Depois de resolver o problema de pecado do homem, através de Jesus, Deus, de maneira semelhante, nos tem prometido — novos céus e uma nova terra – ver 2 Pedro 3:13.


OUTROS ARTIGOS ACERCA DO LIVRO DE GÊNESIS

001 — Introdução e Esboço

002 — Introdução ao Gênesis — Parte 2 — Teorias Acerca da Criação

003 — Introdução ao Gênesis — Parte 3 — A História Primeva e Sua Natureza

004 — Introdução ao Gênesis — Parte 4 — A Preparação para a Vida Na Terra

005 — Introdução ao Gênesis — Parte 5 — A Criação da Vida

006 — Introdução ao Gênesis — Parte 6 — O DEUS CRIADOR

007 — Introdução ao Gênesis — Parte 7 — OS NOMES DO DEUS CRIADOR, OS CÉUS E A TERRA

008 – Gênesis — A Criação de Deus - Parte 1 – A Criação de Deus Dia a Dia – O Primeiro Dia — Parte 1

009 – Gênesis — A Criação de Deus - Parte 8A – A Criação de Deus Dia a Dia – O Primeiro Dia — Parte 2

010 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus - Parte 9 – A Criação de Deus Dia a Dia – O Segundo e o Terceiro Dia

011 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 10 — A Criação de Deus Dia a Dia — O Quarto Dia

012 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 11 — A Criação de Deus Dia a Dia — O Quinto Dia

013 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 12 — A Criação de Deus Dia a Dia — O Sexto Dia — Parte 1

013A — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 12A — A Criação de Deus Dia a Dia — O Sexto Dia — Parte 2

014 — Estudo de Gênesis — A Criação de Deus — Parte 13 — Teorias Evolutivas

015 — Estudo de Gênesis — Gênesis 2 — Parte 14 — GÊNESIS 2A

016 — Estudo de Gênesis — Gênesis 2 — Parte 15 — GÊNESIS 2B

017 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — Parte 16 — GÊNESIS 3A

018 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — Parte 17 — GÊNESIS 3B

019 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — Parte 18 — GÊNESIS 3C

020 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — O Livre Arbítrio — Parte 19

021 — Estudo de Gênesis — Gênesis 3 — O Dois Adãos — Parte 20

022 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — A Era Pré-Patriarcal e a Mulher de Caim — Parte 21

023 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — Caim, O Primeiro Construtor de Uma Cidade — Parte 22

024 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — Caim, Como Assassino e Fugitivo da Presença de Deus — Parte 23

025 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — Caim, Como Primeiro Construtor de uma Cidade e Pseudo-Salvador da Humanidade — Parte 24

026 — Estudo de Gênesis — Gênesis 4 — A Conclusão Acerca de Caim — Parte 25

027 — Estudo de Gênesis — Gênesis 5 — Sete e outros Patriarcas Antediluvianos — Parte 26

028 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — A Perversidade Humana, Os Filhos de Deus e as Filhas dos Homens— Parte 27A

029 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — OS Nefilim e os Guiborim — Os Gigantes e os Valentes — Parte 27B

030 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — A Maldade do Coração Humano— Parte 27C.

031 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — A Corrupção Humana Sobre a Face da Terra e Deus Pode se Arrepender? — Parte 27D.

032 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — Noé e a arca que ele construiu orientado por Deus — Parte 28A.

033 — Estudo de Gênesis — Gênesis 6 — Noé e a arca que ele construiu orientado por Deus — Parte 28B.

034 — Estudo de Gênesis — Gênesis 7 — Noé e a arca que ele construiu orientado por Deus — Parte 29 — O Dilúvio Foi Global Ou Local?

035 — Estudo de Gênesis — Gênesis 8 — A promessa que Deus Fez a Noé e seus descendentes — Parte 30 — Nunca Mais Destruirei a Terra Pela Água

036 — Estudo de Gênesis —  O Valor Perene do Dilúvio para todas as Gerações — PARTE 001

037 — Estudo de Gênesis — O Valor Perene do Dilúvio para todas as Gerações — PARTE 002

038 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 001

039 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 002

040 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 003

041 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 004 — A NATUREZA DA ALIANÇA ENTRE DEUS E NOÉ



042 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 005 — OS FILHOS DE NOÉ — PARTE 001

043 — Estudo de Gênesis — A Aliança de Deus com Noé — PARTE 006 — OS FILHOS DE NOÉ — PARTE 002 — OS NEGROS SÃO AMALDIÇOADOS?
Que Deus abençoe a todos.
Alexandros Meimaridis

PS. Pedimos a todos os nossos leitores que puderem que “curtam” nossa página no Facebook através do seguinte link:


Desde já agradecemos a todos  

Nenhum comentário:

Postar um comentário